Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sondagem: PS "desconfina" para 16 pontos a distância face ao PSD

Com o país a sair do confinamento, os socialistas recuperam nas intenções de voto e passam a valer mais do que o conjunto dos quatro partidos à direita. Bloco e Chega disputam estatuto de terceira maior força política.

Lusa
Negócios jng@negocios.pt 05 de Abril de 2021 às 09:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

Se as eleições fossem hoje, o PS conseguiria mais dois pontos do que no mês passado e venceria com 39,7% e uma margem folgada para o PSD (23,6%), liderado por Rui Rio, que perde três pontos percentuais.

 

A mais recente sondagem da Aximage para o JN, DN e TSF assinala um fosso inédito de 16 pontos percentuais entre os dois maiores partidos num período marcado pela polémica fiscal na venda de barragens da EDP.

 

O possível efeito do conflito aberto entre António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa – em torno da constitucionalidade dos diplomas da oposição que reforçam os apoios sociais – ainda não entra nestas contas, já que o trabalho de campo decorreu de 24 a 27 de março.

 

A terceira posição continua a ser disputada pelo Bloco de Esquerda (8,6%) e pelo Chega (8,5%), com ambos a subirem nas intenções de voto. Seguem-se CDU (6%), Iniciativa Liberal (4,8%), PAN (3,2%), CDS (1,1%) e Livre (0,8%).

 

António Costa, que consegue fazer o PS valer mais do que o conjunto dos quatro partidos à direita, é também o líder partidário mais popular (60% de avaliações positivas) e o único com saldo positivo, isto é, que tem mais avaliações positivas do que negativas.

Ver comentários
Saber mais política sondagem PS PSD BE Chega CDU Iniciativa Liberal PAN CDS Livre
Outras Notícias