Saúde Centeno reúne-se com hospitais do Norte sem ministro da Saúde

Centeno reúne-se com hospitais do Norte sem ministro da Saúde

O Ministério das Finanças tem reunido com representantes hospitalares do Norte sem a presença do Ministério da Saúde, diz o JN.
Centeno reúne-se com hospitais do Norte sem ministro da Saúde
Reuters
Negócios 11 de maio de 2018 às 10:13

O Ministério das Finanças tem estado em reuniões com os responsáveis de vários hospitais da região Norte do país, sem a presença de quaisquer representantes do Ministério da Saúde, segundo avança o Jornal de Notícias.

 

O jornal conta que houve reuniões no Terreiro do Paço com o Centro Hospitalar do Porto, do Centro Materno Infantil do Norte, o IPO do Porto e o Hospital de São João. Apenas o presidente deste último confirmou ao Jornal de Notícias ter sido chamado ao Ministério das Finanças.

 

O objectivo dos encontros, no processo liderado pelo secretário de Estado do Orçamento, João Leão, é o de preparar uma reorganização da resposta pediátrica da região Norte.


Só que nessas reuniões, assegura o JN, não tem estado representado o Ministério da Saúde nem entidades de si dependentes.

 

O Ministério das Finanças recusou dar ao jornal qualquer explicação sobre as reuniões que realiza. O Ministério da Saúde não respondeu.

 

A relação entre as Finanças e a Saúde tem sido um tema, nomeadamente depois de uma notícia, também do Jornal de Notícias, ter indicado que era necessário uma verba para modernizar a área de pediatria oncológica do Hospital de São João, no Porto, que não tinha sido autorizada pelo Ministério das Finanças.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Este governo começa a cheirar a esturro! é preciso ter uma grande lata para estarem a fazer isto a um ministro... valia mais mandá-lo para casa... quer dizer, mandá-lo pedir a demissão. E pior de tudo isto, é ele estar colado à cadeira a fazer de palhaço...

Anónimo Há 1 semana

Nunca tivemos em nenhum governo um ministro tão rico em magnésio!

pub