Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Líder dos vinhos de Setúbal “divide” distribuidores nos EUA

A José Maria da Fonseca espera um “crescimento substancial” no mercado americano após dispersar a distribuição de marcas como Periquita, Lancers, Domini ou Alambre por vários importadores de vinho de âmbito nacional.

António Maria Soares Franco, administrador da JMF. DR
António Larguesa alarguesa@negocios.pt 21 de Abril de 2021 às 16:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A José Maria da Fonseca está a alterar a estratégia de distribuição nos EUA, que aponta como "um mercado com elevado potencial de crescimento e onde a categoria de vinhos portugueses tem tido uma excelente evolução", pesando atualmente 5% das vendas globais do grupo de Azeitão.

 

Em declarações ao Negócios, o administrador António Maria Soares Franco adiantou que "a estratégia passa por uma maior aproximação ao mercado, sendo o portefólio dividido entre vários importadores nacionais, cada um deles com um foco maior nas [suas] marcas", como Periquita, Lancers, Domini ou Alambre Moscatel de Setúbal.

 

É o caso da M Imports, sediada em Dallas (Texas), que esta semana foi anunciada como a mais recente distribuidora da empresa portuguesa do outro lado do Atlântico. Fundada em 2005, é liderada por Mark Macedonio e comercializa mais de 60 vinhos de 11 vinícolas em grandes superfícies, retalhistas independentes e clientes da restauração em todo o país.

 

"Com esta nova estratégia, esperamos que as vendas neste mercado tenham um crescimento substancial nos próximos anos", sublinhou o gestor da empresa fundada em 1834, que detém 650 hectares de vinha espalhados por várias regiões portuguesas e que se mantém 100% nas mãos da família, já com a sétima geração aos comandos.

 

Dispersar o número de distribuidores nos principais mercados foi precisamente uma das estratégias traçadas pela JMF para aumentar o negócio internacional, a par do alargamento do portefólio, da colocação de mais marcas no estrangeiro (além das mais históricas, como Periquita e Lancers) e da abertura de novos destinos.

 

Com uma faturação superior a 20 milhões de euros e as exportações a valeram perto de 70% das receitas, a JMF engloba mais de trinta marcas, distribuídas por vinhos de mesa, generosos e licorosos, representativas de cinco das principais regiões vitivinícolas portuguesas (Península de Setúbal, Alentejo, Douro, Dão e Verdes).
Ver comentários
Saber mais agricultura vinho José Maria da Fonseca exportação EUA distribuição retalho Setúbal Alentejo Douro Dão Verdes
Outras Notícias