Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seguro de colheitas dispara indemnizações nos vinhos verdes

A nova apólice contratada na região para cobrir a produção de 15 mil agricultores prevê um aumento de 76% nas compensações. Manuel Pinheiro crê que setor vai “assumir particular importância na gestão futura da economia”.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 27 de Março de 2020 às 15:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O novo seguro de colheitas contratado na região dos vinhos verdes prevê uma indemnização 76% superior à da última apólice, garantindo 30 cêntimos por cada quilo de uva perdido em caso de acidente climatérico, como queda de raio, escaldão, geada, granizo, queda de neve, tornado ou tromba de água.

 

As condições previstas para este ano incluem a supressão da dedução de franquia em caso de sinistro, além de permitirem ao produtor valorizar a sua uva num de vários escalões até um euro por quilo, o que consequentemente aumenta a indemnização e "beneficia a valorização de mercado".

 

Segundo a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), este é o maior maior seguro agrícola do país, cobrindo cerca de 15 mil produtores da região numa fase "de grande incerteza em que a agricultura assume um papel de particular importância na gestão futura da nossa economia".

 

"Garantir um apoio efectivo e eficaz aos agricultores e, em concreto, aos nossos viticultores é uma prioridade da CVRVV e um garante de maior estabilidade num setor que continua a produzir e que carece de mais incentivos", sublinha o presidente, Manuel Pinheiro, numa nota de imprensa.

 


Em 2019, as exportações de vinho verde aumentaram 4% face ao ano anterior, totalizando 65,7 milhões de euros e vendas em 111 países, como EUA, Alemanha e Brasil a encabeçaram a lista de melhores destinos. O preço médio por litro atingiu 2,39 euros, 2,35% acima do registado no período homólogo.  

 

Para continuar a chegar aos consumidores e compensar a quebra de receitas nos formatos tradicionais devido à pandemia de covid-19, os produtores de vinhos portugueses estão a abraçar a transformação digital, a apostar nas vendas online e a adotar soluções criativas, como cabazes promocionais e provas à distância.

Ver comentários
Saber mais Agricultura vinho seguro vinho verde manuel pinheiro exportações EUA alemanha brasil covid-19 coronavírus
Mais lidas
Outras Notícias