Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Garrafeira online da Fladgate já vendeu mais vinho que em 2019

A faturação da OnWine aumentou 540% no período de quarentena, com os clientes nas zonas de Lisboa, Porto e Algarve a encomendarem mais vinho pela Internet, sobretudo tintos do Douro e do Alentejo.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 21 de Abril de 2020 às 16:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A pandemia de covid-19 fez disparar 540% as vendas de bebidas da Onwine nas primeiras quatro semanas do estado de emergência decretado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em comparação com as dez primeiras semanas deste ano.

 

Segundo os dados cedidos ao Negócios pela empresa do grupo The Fladgate Partnership, que detém marcas de vinho do Porto como a Taylor’s, Croft e Fonseca, além de hotéis na cidade Invicta e no Douro, a faturação desta unidade dedicada ao comércio eletrónico ultrapassou a 16 de abril o valor total registado em 2019.

 

Neste período de quarentena, os portugueses preferiram comprar vinho de mesa (90%), sobretudo da variedade tinto (dois terços do total) e proveniente das regiões do Douro e do Alentejo, que em conjunto representam sete em cada garrafas compradas através desta plataforma, que também disponibiliza destilados e azeites.

 

O valor da encomenda média subiu para 55 euros, o equivalente a um preço por garrafa a rondar os 6,20 euros, já que os dados estatísticos cedidos por Manuel Oliveira, diretor comercial desta área no grupo de Vila Nova de Gaia, apontam para nove garrafas por pedido: oito vinhos de mesa e a restante alternando entre vinho do Porto, espumante ou um bebida espirituosa.

 

De provas à distância a cabazes especiais vendidos online, os produtores de vinhos portugueses estão a adotar soluções criativas e a abraçar a transformação digital para continuar a chegar aos consumidores e compensar a quebra de receitas nos formatos tradicionais devido ao novo coronavírus.

 


Com oito funcionários dedicados a este projeto e o apoio de várias equipas do grupo liderado por Adrian Bridge, cuja atividade tem sido afetada pelas atuais limitações nos outros formatos comerciais, a OnWine contabiliza até ao momento mais de 75% dos novos registos alcançados no ano passado.

Com registo de exportações também para vários países da Europa ocidental, no que toca ao mercado doméstico, a comercialização está concentrada nas áreas metropolitanas de Lisboa, do Porto e também no Algarve.

Ver comentários
Saber mais coronavírus covid-19 vinho bebidas internet vendas online onwine fladgate douro alentejo pandemia marcelo rebelo de sousa
Mais lidas
Outras Notícias