Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Volkswagen prevê produzir 15 milhões de automóveis eléctricos nos próximos anos

A Volkswagen estima que poderá produzir até 15 milhões de automóveis eléctricos nos próximos anos, indicou a fabricante automóvel alemã esta sexta-feira.

Volkswagen I.D. Buzz
lusa
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 16 de Novembro de 2018 às 15:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Volkswagen estima que poderá produzir até 15 milhões de automóveis eléctricos nos próximos anos, indicou a fabricante automóvel alemã esta sexta-feira. Esta semana, a empresa tinha indicado que iria reconverter três fábricas na Alemanha para a produção de veículos eléctricos.

Um porta-voz da Volkswagen referiu esta sexta-feira que o CEO da empresa, Herbert Diess, se tinha equivocado numa entrevista concedida segunda-feira, na qual tinha referido que o grupo poderia produzir 50 milhões de veículos eléctricos.

"Herbert Diess queria dizer 15 milhões e não 50 milhões de carros", indicou o porta-voz, citado pela Reuters.

Na quarta-feira, a Volkswagen anunciou que iria reconverter duas unidades de produção na Alemanha para o fabrico de veículos eléctricos, assegurando que, a partir de 2022, o grupo teria "a maior rede na Europa para a produção de veículos eléctricos".

As fábricas em questão são as unidades localizadas em Emden e Hanover. Adicionalmente, a Volkswagen está a adaptar a fábrica em Zwickau para a produção de automóveis eléctricos. Esta unidade deverá estar operacional já em 2019.

A fábrica de Zwickau irá produzir o ID Neo, um automóvel eléctrico que chegará ao mercado no final do próximo ano.

Segundo notícias veiculadas na imprensa alemã, a fábrica de Emden irá produzir um automóvel eléctrico de gama mais baixa, com um preço de venda inferior a 20 mil euros.

A unidade de Hanover deverá ser o local escolhido para a produção do ID Buzz (na foto), um mini-autocarro eléctrico, prevendo-se que os primeiros veículos sejam fabricados em 2022.

Ver comentários
Saber mais Volkswagen Alemanha Hanover Emden Herbert Diess CEO Zwickau automóveis eléctricos fábricas
Outras Notícias