Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banca aplaude extensão das moratórias até setembro de 2021

Fernando Faria de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos, considera que "faz todo o sentido" que o Governo tenha prolongado as moratórias até setembro de 2021.

A carregar o vídeo ...
O Governo decidiu prolongar as moratórias no crédito até setembro do próximo ano. Um passo que Fernando Faria de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), aplaude, já que dará mais tempo às empresas para recuperarem. 

"Penso que a extensão da moratória faz todo o sentido. A pandemia não terminou", afirma o presidente da associação que representa os bancos em entrevista ao Negócios e à Antena 1. 

Há setores que estão a ser fortemente penalizados por esta pandemia, refere, e "o grande objetivo é dar tempo e permitir que haja uma recuperação de maneira a que as empresas possam vir a cumprir as suas obrigações para com o sistema bancário". 

De acordo com o responsável, mais do que evitar o incumprimento, esta medida permite "que essas empresas sobrevivam". Ainda assim, não afasta um cenário em que o crédito malparado vai aumentar, perante o impacto que a pandemia está a ter na economia. 

"Não podemos ter dúvidas que qualquer recessão implica automaticamente um aumento significativo do incumprimento", remata Faria de Oliveira. 

Foi na quinta-feira passada que o Governo decidiu prolongar as moratórias - que dão mais tempo às empresas e famílias para pagarem as suas dívidas junto dos bancos - de março para setembro do próximo ano. 
Ver comentários
Saber mais APB Fernando Faria de Oliveira moratórias Conversa Capital
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio