Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crédito Agrícola sobe lucros para 131,5 milhões em 2019

A melhoria dos resultados fica a dever-se à evolução do negócio bancário, com um aumento superior a 6% das comissões, e ao contributo do negócio segurador.

Rafaela Burd Relvas rafaelarelvas@negocios.pt 12 de Março de 2020 às 17:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Crédito Agrícola registou um resultado líquido de 131,5 milhões de euros em 2019, valor que representa um crescimento de 17% face ao ano anterior. A melhoria dos resultados fica a dever-se, sobretudo, à evolução positiva do negócio bancário e ao contributo do negócio segurador.

Os resultados foram anunciados, esta quinta-feira, 12 de março, em comunicado enviado às redações.

O grupo dá conta de que a carteira de crédito bruto a clientes ascendeu a 10,6 mil milhões de euros, um aumento de 6,6% em relação a 2018. Ainda no crédito, o rácio de malparado reduziu-se de 11,1% para 9,2% no final do ano passado, um valor que, ainda assim, se mantém elevado.

Já os depósitos de clientes aumentaram em quase 10% e totalizaram 15,3 mil milhões de euros em 2019.

Quanto ao negócio bancário, as comissões líquidas aumentaram em 6,6% e totalizaram 162 milhões de euros, enquanto o resultado em operações financeiras passou de 5 milhões em 2018 para 18 milhões no ano passado. Já o negócio segurador contribuiu com 13,5 milhões para o resultado líquido.

Estes indicadores compensaram a quebra de 2,1% da margem financeira, que totalizou 299 milhões de euros, num contexto de juros historicamente baixos, que têm penalizado as margens dos bancos.

Feitas as contas, o produto bancário cresceu 4,5% para 496 milhões.

No que diz respeito à solvabilidade, o Crédito Agrícola melhorou o rácio common equity tier 1 de 15,2% em 2018 para 16% em 2019.
Ver comentários
Saber mais crédito agrícola resultados anuais banca
Outras Notícias