Banca & Finanças Deutsche Bank vai eliminar 20% da força laboral na Alemanha

Deutsche Bank vai eliminar 20% da força laboral na Alemanha

O Deutsche Bank já tinha revelado um plano de reestruturação, que incluía a eliminação de 18 mil postos de trabalho a nível mundial. Deste total, cerca de metade afetará a atividade na Alemanha.
Deutsche Bank vai eliminar 20% da força laboral na Alemanha
Negócios 08 de outubro de 2019 às 11:23

O Deutsche Bank tem o objetivo de eliminar um total de 18 mil postos de trabalho em todo o mundo, o que corresponde a cerca de um quinto da sua força laboral. A Bloomberg revela que cerca de metade destes postos de trabalho serão eliminados na Alemanha, o principal mercado do banco.

 

A instituição deverá reduzir em cerca de nove mil o número de funcionários na Alemanha, segundo fontes próximas do processo, citadas pela Bloomberg. O Deutsche Bank empregava, no final do ano passado, cerca de 41.700 pessoas no mercado alemão, o que significa que vai eliminar cerca de 20% da força laboral naquele país.

 

A agência de informação americana adianta ainda que, fora do seu mercado interno, o Deutsche Bank vai também reduzir o número de postos de trabalho em Londres devido ao Brexit. Já nos EUA os cortes deverão ser menores, uma vez que o banco já fechou as operações de negociação de ações, segundo as mesmas fontes, que pediram anonimato.

 

O Deutsche Bank aprovou, em julho, um mega plano de reestruturação, que vai custar-lhe 7,4 mil milhões de euros. O plano prevê que o banco abandone o negócio de venda e negociação de ações que, segundo a Reuters, rendeu à instituição 1,96 mil milhões de euros em receitas em 2018.

Apesar de sair deste negócio, o Deutsche Bank prevê manter uma pequena operação no mercado de capitais. A banca de investimento será também reduzida, focando-se a atividade nos clientes empresariais alemães, fusões e aquisições, banca privada e gestão de ativos.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI