Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundo soberano do Qatar torna-se segundo maior acionista do Credit Suisse

Com este reforço, o Qatar Investment Authority torna-se assim o segundo maior fundo acionista do banco suíço, depois do Banco Nacional Saudita.

O banco, que tem enfrentado problemas ao nível do capital e da confiança os acionistas, vai apresentar um plano de reestruturação a 27 de outubro.
Arnd Wiegmann/Reuters
Fábio Carvalho da Silva fabiosilva@negocios.pt 24 de Janeiro de 2023 às 16:11
O Qatar Investment Authority – o fundo soberano do Qatar - aumentou a sua participação no capital do Credit Suisse de 5,6% para 6,87%, segundo os registos dos fundo citados pela Bloomberg e Financial Times.

Com este reforço, o Qatar Investment Authority torna-se assim o segundo maior fundo acionista do banco suíço, depois do Banco Nacional Saudita.

O aumento da presença no capital da instituição financeira por parte do fundo soberano do Qatar surge pouco tempo depois de no início de janeiro, a Harris Associates ter reduzido a sua participação no gigante suíço de para menos de 3%, quando em tempos chegou a ver as suas participações a tocarem nos 10%.

Os investidores do Médio Oriente têm sido uma tábua de salvação para o Credit Suisse.

Ainda antes do Banco Nacional Saudita ter participado o ano passado no aumento capital, em abril de 2021, o QIA chegou a comprar obrigações convertíveis em ações no montante de 2 mil milhões de dólares.

Esta foi uma ajuda financeira importante depois de o banco ter perdido 5,5 mil milhões de dólares com o colapso da Archegos Capital Management.

Até ao momento, o Credit Suisse ainda não comentou esta notícia.
Ver comentários
Saber mais Banco Nacional Saudita Credit Suisse Credit Suisse economia negócios e finanças economia negócios e finanças banca
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio