Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

JOM abre nova loja em Barcelos e levanta investimento nas Caldas

Detida por Joaquim Oliveira Mendes, a empresa de mobiliário e artigos para o lar abre uma loja de três milhões de euros junto à cidade minhota e prepara a estreia em novembro nas Caldas da Rainha, chegando às 24 lojas.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 16 de Outubro de 2020 às 12:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A JOM agendou para a próxima quinta-feira, 22 de outubro, a abertura em Barcelos da 23.ª loja desta retalhista de mobiliário e artigos para o lar, que representa um investimento de perto de três milhões de euros.

 

Instalada em Arcozelo, freguesia "colada" à cidade e que concentra a maior população do concelho, o novo espaço comercial tem uma área total próxima de 3.000 metros quadrados, distribuída por dois pisos e pelos parques de estacionamento.

 

Apresentada por este grupo detido pelo empresário Joaquim Oliveira Mendes como uma "loja moderna e de proximidade", esta unidade substitui a localização que tinha anteriormente no município barcelense, na freguesia de Adães, a cerca de seis quilómetros do centro da cidade.

 

 

Clávio Cristo, diretor de marketing da empresa que vende móveis, sofás, colchões, eletrodomésticos, peças de decoração, têxteis e artigos de iluminação, adiantou ainda ao Negócios que a próxima abertura está prevista para novembro nas Caldas da Rainha, no distrito de Leiria, sem revelar mais pormenores.

 

A última ampliação da rede comercial tinha sido feita em novembro de 2019, com a inauguração da primeira loja na cidade do Porto, num investimento avaliado em 4,5 milhões de euros, ocupando parte das antigas instalações da histórica Ambar, na zona industrial, que estavam nas mãos do Millennium BCP.

 

Segundo fonte oficial, entre as lojas físicas em território nacional e as vendas através da Internet, a empresa sediada em Guimarães, que tem também centros logísticos em Santarém e em Aveiro, faturou mais de 45 milhões de euros no ano passado, acima dos 40 milhões registados no exercício anterior.

 

O principal fornecedor das lojas próprias é a JOM Indústria, que iniciou a produção de mobiliário em 2016 e no final de 2019 abriu uma segunda fábrica no concelho vimaranense, com mais de 8.500 metros quadrados. Esta nova unidade fabril reabilitou as antigas instalações da Têxtil Cães de Pedra, que detém a marca Lion of Porches (ex-Califa) e comprou a Decenio ao falido grupo Ricon, de Vila Nova de Famalicão.
Ver comentários
Saber mais comércio mobiliário jom barcelos investimento caldas da rainha indústria guimarães
Mais lidas
Outras Notícias