Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Santos "paga" promessa de Santos ao selecionador do Azerbaijão

A maiata Soc. Com. C. Santos enviou um exemplar da garrafa de vinho do Porto comemorativa dos seus 75 anos a Gianni de Biasi, que garantiu que o selecionador português lhe devia uma por alegadamente Santos ter ganho o cargo em resultado de uma ação do italiano.

O humorista Nilton, embaixador do concessionário Merceder-Benz e Smart, explica o processo de envio de uma garrafa de vinho do Porto ao selecionador do Azerbaijão num divertido vídeo.
Rui Neves ruineves@negocios.pt 15 de Setembro de 2021 às 16:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

No passado dia 6, na conferência de imprensa de antevisão do jogo com Portugal, que a seleção nacional viria a ganhar por 3-0, o selecionador do Azerbaijão protagonizou um momento bem-disposto, quando questionado sobre a ausência de Cristiano Ronaldo, tendo aproveitado a ocasião para deixar um recado ao seu congénere português Fernando Santos.

 

"Ronaldo é um jogador de excelência, mas Portugal tem jogadores no Manchester City, Manchester United, Liverpool, PSG, Dortmund, Wolverhampton, Benfica, FC Porto, Sporting… Na vida, nunca digas nunca. E gostaria de lembrar que Fernando Santos ainda me deve uma garrafa de vinho do Porto porque se tornou selecionador graças a mim e, dois anos depois, foi campeão europeu", rematou Gianni de Biasi.

 

No dia seguinte, após o jogo, Fernando Santos afirmou que "não sabia da promessa", mas que, ainda assim, teria todo o prazer em enviar vinho do Porto ao italiano Biasi.

 

Numa ação de marketing que decidiu agora revelar, a Sociedade Comercial C. Santos, concessionária da Mercedes-Benz, com sede na Maia, associou-se a esta bem-humorada troca de palavras e enviou ao selecionador da equipa de futebol do Azerbaijão um exemplar da garrafa de vinho do Porto comemorativa dos 75 anos da empresa, um Twany 20 anos (em "decanter"), que se assinalam este ano.

 

"Portugal tem uma dívida e nós não queremos ficar a dever nada a ninguém."

 

O humorista Nilton, embaixador do concessionário Mercedes-Benz e Smart, explica o processo num vídeo publicado no Youtube. Intitulado "Treinadores, treinadores… dívidas à parte!", deixa a garantia ao selecionador do Azerbaijão: "Portugal tem uma dívida e nós não queremos ficar a dever nada a ninguém."

 

Resta explicar o que está na origem do alegado incumprimento da promessa de Fernando Santos invocado por Giannoi de Biasi: quando o italianotreinava a Albânia, em 2014, venceu a seleção portuguesa, o que viria a culminar na saída do anterior selecionador nacional, Paulo Bento, do comando técnico da seleção portuguesa, vaga que depois foi ocupada por Santos, que viria a sagrar-se campeão da Europa em 2016.

A pandemia impactou negativamente na atividade da Sociedade Comercial C. Santos, que é um dos maiores concessionários Mercedes e Smart em Portugal, tendo fechado o exercício de 2020 com uma faturação de 130 milhões de euros, menos 20 milhões do que no ano anterior.

De uma média anual de 4.500 unidades nos últimos anos, a venda de carros caiu para 3.600 no atípico ano de 2020.

Com um efetivo de cerca de 350 pessoas, o grupo liderado por Abel Pinho da Costa tem um stand em Felgueiras e outro na Boavista (Porto), estando sediado na Maia, num espaço de 62 mil metros quadrados, e tem em fase de conclusão um investimento de seis milhões de euros na construção de uma nova área de exposição com mais de três mil metros quadrados.

 

Ver comentários
Saber mais c. santos azerbaijão vinho do porto gianni de biasi fernando santos seleção portuguesa
Outras Notícias