Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vieira suspende funções no Benfica. Direção reúne nas próximas horas

Luís Filipe Vieira suspende funções como presidente do Benfica, "enquanto o inquérito em curso puder constituir um fator de perturbação". "Suspensão é suspensão, não é renúncia", reforça o advogado. A direção do clube vai reunir nas próximas horas.

Apesar dos maus resultados desportivos nas últimas jornadas, a SAD liderada por Luís Filipe Vieira acredita no sucesso da emissão obrigacionista.
Miguel A. Lopes/Lusa
  • Partilhar artigo
  • 19
  • ...
Luís Filipe Vieira suspendeu as funções no Benfica. O anúncio, transmitido pelas televisões, foi feito esta manhã através do seu advogado, Magalhães e Silva, que leu uma declaração em nome do líder das "águias", detido esta semana. 

"Perante os eventos dos últimos dias, em que sou diretamente visado, e enquanto o inquérito em curso puder constituir um fator de perturbação, suspendo, com efeitos imediatos, o exercício de funções" quer no clube, quer nas participadas, referiu nesta mensagem.

Luís Filipe Vieira dirigiu-se ainda aos benfiquistas para pedir que se "mantenham serenos na defesa do bom nome do Benfica".

Magalhães e Silva explicou, após ler a declaração, que é uma suspensão "enquanto o exercício de funções puder prejudicar o inquérito em curso". Não podendo, por isso, sinalizar o tempo que o empresário irá manter-se afastado de funções. "A suspensão é suspensão, não é renúncia", realçou. A comunicação foi feita em simultâneo à comunicação social e às estruturas do Benfica.

Fonte oficial do clube indicou ao Negócios que "a direção vai reunir e deliberar os próximos passos", precisando que a reunião ocorrerá "nas próximas horas".

No dia em que Luís Filipe Vieira deverá ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre - ficando depois a conhecer as medidas de coação - o advogado realçou que o seu constituinte está sereno. E que a decisão mostra "o sentido de responsabilidade entre a posição pessoal e institucional, e a prevalência da institucional sobre a pessoal".

Luís Filipe Vieira foi detido na quarta-feira no âmbito da investigação do Ministério Público designada "Cartão Vermelho", no qual é indiciado de ter prejudicado o Benfica, o Estado e o Novo Banco em benefício próprio.

Perda de 7 milhões em bolsa

O anúncio desta manhã levou as ações do Sport Lisboa e Benfica SAD a desvalorizar 3,81%, para os 2,78 euros por ação.
 

Esta é a quarta sessão consecutiva em que as ações dos "encarnados" perdem força na Euronext Lisbon, tendo já perdido 6,9 milhões de euros em termos de capitalização de mercado desde as notícias que davam conta das buscas e posterior detenção de Vieira. 
Ver comentários
Saber mais Luís Filipe Vieira Benfica Magalhães e Silva justiça corrupção desporto
Outras Notícias