Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Venda de diamantes da De Beers duplica no arranque do ano

As vendas da maior produtora mundial de diamantes subiram de 248 milhões de dólares no último ciclo de vendas de 2015 para 540 milhões no primeiro ciclo deste ano, sobretudo devido ao aumento da procura nos Estados Unidos.

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 26 de Janeiro de 2016 às 10:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A venda de diamantes voltou a brilhar no início de 2016. Segundo os dados revelados esta terça-feira, 26 de Janeiro, pela De Beers, a maior produtora mundial destas pedras preciosas, o valor das vendas de diamantes em bruto mais do que duplicou no primeiro "ciclo" de vendas deste ano face ao último de 2015.

De acordo com a empresa, detida em 85% pela Anglo American e em 15% pelo Governo da República do Botswana, as vendas aumentaram de 248 milhões de dólares (229 milhões de euros) no final de 2015 para 540 milhões de dólares no primeiro ciclo deste ano, impulsionadas pela época festiva "positiva" nos Estados Unidos.

"Sentimo-nos encorajados pelos resultados do primeiro ciclo de vendas de 2016, e vamos continuar a trabalhar em estreita colaboração com os nossos clientes para oferecer melhorias sustentáveis na indústria de diamantes em 2016", refere Philippe Mellier, CEO da De Beers, num comunicado citado pelo Financial Times.

O preço dos diamantes está no nível mais baixo em seis anos, depois de ter caído 18% em 2015, segundo a WWW International Diamond Consultants. A De Beers e a Alrosa - grupo russo de empresas de mineração de diamantes, líder do sector em termos de volume – responderam à quebra da procura e à descida dos preços reduzindo a oferta no mercado. 

Ver comentários
Saber mais De Beers Anglo American Governo da República do Botswana Estados Unidos minérios e metais economia negócios e finanças
Mais lidas
Outras Notícias