Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ghosn acusado de desviar dinheiro da Nissan para Silicon Valley

O antigo presidente da Nissan está em prisão domiciliária por má conduta financeira. As autoridades japonesas avançam agora com uma nova acusação contra Carlos Ghosn.

Negócios jng@negocios.pt 27 de Agosto de 2019 às 12:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Carlos Ghosn terá desviado milhões de dólares da Nissan para investir num fundo de Silicon Valley. Este é o mais recente e também mais grave crime financeiro de que o antigo presidente da Nissan e da Mitsubishi, atualmente em prisão domiciliária por má conduta financeira, é suspeito por parte das autoridades japonesas. A informação é avançada, esta terça-feira, 27 de agosto, pelo Wall Street Journal.

Segundo o jornal norte-americano, o negócio paralelo com dinheiro desviado da Nissan terá sido construído com o seu filho. A investigação aponta para que Ghosn tenha decidido que a Nissan pagasse 10 milhões de dólares a um distribuidor em Omã, ficando com 5 milhões desse montante, transferidos para si através de uma empresa sediada no Líbano.

O dinheiro terá sido, por fim, aplicado num fundo de investimento de Silicon Valley, segundo mostram documentos de transferências bancárias a que o Wall Street Journal teve acesso. Também os investimentos que eram feitos por esse fundo seriam aprovados por Carlos Ghosn.

Para as autoridades japonesas, esta é mais uma prova de que Ghosn cometeu práticas ilícitas para benefício próprio, levando a Nissan a celebrar acordos com amigos ou conhecidos seus em vários países do Médio Oriente e na índia.

Já Ghosn nega quaisquer crimes. "Os procuradores, em conjunto com a Nissan, intensificaram a campanha para atacar o sr. Ghosn e manchar a sua reputação, através de fabricações, falsidades e interpretações erradas. Pretendemos apresentar o nosso caso em tribunal, não na imprensa. O sr. Ghosn é inocente e ser-lhe-á dada razão se tiver um julgamento justo", afirmou fonte representante do antigo gestor.
Ver comentários
Saber mais carlos ghosn nissan mitsubishi
Outras Notícias