Empresas Trump aponta acordo comercial "tremendo" com o Reino Unido

Trump aponta acordo comercial "tremendo" com o Reino Unido

Davos deu palco a Trump para atualizar a audiência em relação às relações comerciais com vários parceiros. No caso do Reino Unido, o presidente dos Estados Unidos antevê um desfecho muito positivo num futuro acordo.
Trump aponta acordo comercial "tremendo" com o Reino Unido
Negócios 21 de janeiro de 2020 às 12:43

O presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, acredita que vai fechar um acordo comercial "tremendo" com o Reino Unido, agora que as Terras de Sua Majestade se apressam em direção à saída da União Europeia.

O otimismo em relação à futuras relações comerciais com o Reino Unidos foi demonstrado por Trump num discurso na reunião anual do Fórum Económico Mundial, em Davos. O líder da Casa Branca aproveitou a ocasião para descrever Boris Johnson como um "maravilhoso novo primeiro-ministro", que "quer mesmo muito fazer um acordo".

Para além da referência ao alinhamento com Londres, Trump também falou das relações com a China, num tom mais agridoce. Assegurou que ele próprio e o presidente chinês Xi Jinping, "se amam", mas que as tarifas são para manter. As negociações para o acordo comercial de fase dois, que, a concretizar-se, poderá permitir a retirada de tarifas, deverão ser iniciadas em breve, afirmou ainda Trump.

O restante discurso do presidente dos Estados Unidos pautou-se por vários elogios à economia norte-americana, que está a "prosperar" e a "ganhar como nunca". Deixou críticas à Fed, que acusa de ter aumentado as taxas de juro demasiado rápido, e também o processo de impeachment, que considera "vergonhoso".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI