Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Volume de negócios nos serviços acelera para 23,7% em julho

O INE destaca que este foi o primeiro mês em que todas as secções registaram patamares de atividade superiores a fevereiro de 2020, o último mês pré-pandemia. A variação mensal foi de 2,9 pontos percentuais.

Miguel Baltazar/Negócios
Diogo Mendo Fernandes diogofernandes@negocios.pt 09 de Setembro de 2022 às 11:34
  • Partilhar artigo
  • ...
O volume de negócios nos serviços acelerou 2,9 pontos percentuais em julho, face ao valor verificado em junho. A variação homóloga foi de 23,7%, é o que indicam dados divulgados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

O índice não ajustado de sazonalidade e de efeitos de calendário aumentou em termos homólogos 22,4% em julho (21,1% no mês anterior).

De acordo com o INE, julho de 2022 foi o primeiro mês em que todas as secções registaram patamares de atividade superiores a fevereiro de 2020, o último mês pré-pandemia.

Todas as secções contribuíram positivamente para a variação do índice total, o INE destaca o comércio e reparação de veículos automóveis e motociclos, que apresentou o maior contributo (11,2 p.p.) para a variação total, devido a uma variação homóloga de 18,8%, uma subida de 3,2 p.p. face a junho.

Já o alojamento, restauração e similares, registou um incremento de 62,3% (54,3% no período anterior) e contribuiu com 4,3 p.p. para a variação do índice.

No caso dos transportes e armazenagem, a variação face ao ano passado foi de 41,5%, contribuindo com 5,1 p.p. para a variação.

A variação mensal do índice total foi de 0,7% em julho (0,8% no período anterior).

O instituto revela ainda que os índices de emprego, remunerações e horas trabalhadas ajustado de efeitos de calendário, apresentaram variações homólogas de 7,4%, 10,2% e 7,2%, respetivamente (7,7%, 8,8% e 7,2% em junho).
Ver comentários
Saber mais Instituto Nacional de Estatística INE economia negócios e finanças turismo macroeconomia economia (geral) conjuntura
Outras Notícias