Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vanguard Properties assegura ter capital para concluir projetos imobiliários

Empresa que comprou os ativos da Herdade da Comporta, juntamente com a Amorim Luxury, afirma que vai manter e, "quando possível", acelerar as obras que tem em curso.

Ana Sanlez anasanlez@negocios.pt 24 de Março de 2020 às 12:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Vanguard Properties, do milionário francês Claude Berda, diz ter assegurado "os capitais necessários" para prosseguir e concluir todas as obras que tem atualmente em curso. Entre os projetos imobiliários que está a desenvolver inclui-se a Infinity Tower, em Campolide, cuja construção arrancou no início do ano, ou o projeto Bayline, um complexo de 260 apartamentos em Armação de Pêra. 

Em nota enviada esta terça-feira à imprensa, o grupo que no ano passado concluiu a compra dos ativos da Herdade da Comporta, juntamente com Paula Amorim, sublinha que, apesar do atual contexto económico e da declaração do Estado de Emergência, conta manter, "e quando possível" acelerar, "no caso do projeto Bayline", o ritmo das obras de construção. As construtoras envolvidas nos trabalhos, como é o caso da Mota-Engil no projeto Infinity, "informaram a Vanguard Properties da adoção de medidas visando a proteção dos seus colaboradores", adianta a empresa. 

A Vanguard abrirá uma exceção a esta regra "quando o Governo, no atual contexto, impuser medidas que o impeçam".

Na mesma nota, a empresa acrescenta ainda que vai manter "a mesma política de pagamentos" a fornecedores, bem como "as demais obrigações contratuais". A promotora de Claude Berda e José Cardoso Botelho diz estar "totalmente" empenhada "em assegurar que a liquidez" dos fornecedores "e o poder de compra das pessoas que, direta e indiretamente, de nós dependem seja mantida". 

Também os funcionários da empresa que estão em regime de teletrabalho têm os postos de trabalho assegurados "e respetivas regalias intactas".

A Vanguard começou a investir em Portugal em 2016, tendo sido responsável pela reabilitação do edifício Castilho 203, em Lisboa, no qual foi vendido o apartamento mais caro de sempre em Portugal, por cerca de oito milhões de euros.
Ver comentários
Saber mais Vanguard Properties Claude Berda comporta
Mais lidas
Outras Notícias