Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bosch vai contratar 100 engenheiros em Braga para criar “airbags” e travões futuristas

A multinacional alemã, que procura perfis especializados em engenharia de software para esta nova equipa, marcou uma acção de recrutamento para os dias 13 e 14 de janeiro, sinalizando que “os participantes poderão sair já com uma proposta de trabalho”.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 05 de Dezembro de 2022 às 11:37

O grupo germânico Bosch, presente desde 1911 em Portugal, onde tem fábricas em Braga, Ovar e Aveiro, a que acresce um centro de serviços em Lisboa, emprega no nosso país mais de sete mil pessoas e continua a contratar a apostar fortemente na expansão das suas actividades de Investigação e Desenvolvimento (I&D) lusas.

Na sua principal operação portuguesa, em Braga, vai agora criar uma nova equipa de desenvolvimento de software para sistemas de segurança automóvel.

 

"Esta nova equipa vai ser criada no início de 2023 com cerca de 20 engenheiros de software, mas o objetivo passa por recrutar mais 60 perfis especializados até ao final do próximo ano", anuncia a Bosch, em comunicado.

 

Para a instalação desta nova área de I&D em Braga, a Bosch terá necessidade de reforçar as suas equipas com perfis especializados nas vertentes de "software engineer", "software developer", "software architect" e "embedded software engineer".

 

Nesse sentido, "e para acelerar o processo de recrutamento e proporcionar uma experiência diferenciadora aos candidatos", a Bosch vai realizar um evento de recrutamento no qual os potenciais novos colaboradores vão poder participar em entrevistas e ficar a conhecer os objetivos e desafios do projeto.

 

"Este evento irá decorrer nos dias 13 e 14 de janeiro, em Braga, e os participantes poderão sair já com uma proposta de trabalho", sinaliza a Bosch.

 

Os interessados em participar devem submeter a sua candidatura em www.bosch.pt até 20 de dezembro.

"Portugal continua a ser estratégico para a Bosch e a área de I&D tem sido a nossa prioridade nos últimos anos, e assim pretendemos continuar. Este novo projeto é mais um reconhecimento das nossas competências, vai permitir diversificar ainda mais as nossas áreas de desenvolvimento e continuar a criar a partir de Portugal para o mundo", enfatiza Carlos Ribas, representante da Bosch em Portugal e administrador técnico do grupo germânico em Braga.

De acordo com a Bosch, esta nova equipa será responsável por desenvolver sistemas de software embebido ("embedded software") para "airbags" e travões da última geração para a mobilidade do futuro," tecnologias que vão representar um marco na inovação e no futuro dos sistemas de segurança de veículos de passageiros, bem como nos futuros veículos autónomos", observa.

 

"A partir de Braga, vamos contribuir para o objetivo de continuar a salvar vidas, tornando a condução mais segura e confortável. A segurança a bordo dos veículos automóveis e da sua envolvente continua a ser grande prioridade para a Bosch, e embora os padrões de segurança e as estatísticas de acidentes variem muito de região para região, acreditamos na visão da mobilidade sem acidentes e estamos a investir para tornar essa visão uma realidade", realça Carlos Ribas.

 

A Bosch fechou 2021 com uma facturação da ordem dos 1,7 mil milhões de euros em Portugal.



(Notícia atualizada às 11:48)

Ver comentários
Saber mais bosch airbags travões engenheiros
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio