Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

A empresa-mãe da Google vai reduzir o ritmo de contratações e investimentos até 2023

A empresa-mãe da Google, Alphabet, vai reduzir o ritmo de contratações e investimentos até ao próximo ano. Desde o início do ano, as ações da Alphabet tombaram 21%.

4. Sundar Pichai – Alphabet – 106,5 milhões de dólares
Reuters
  • Partilhar artigo
  • ...

A empresa-mãe da Google, Alphabet, vai reduzir o ritmo de contratações e investimentos até 2023, revelou o CEO Sundar Pichai, através de um email enviado aos colaboradores, citado pela imprensa norte-americana.

 

"Como todas as empresas, nós não somos imunes aos ventos contrários", escreveu Pichai na mensagem. "Precisamos de ser mais empreendedores e trabalhar com mais foco e mais vontade do que nos dias mais ensolarados", frisou o CEO da empresa-mãe da Google.

 

Desde o início do ano, as ações da Alphabet tombaram 21%, acompanhando as quedas que se vivem no mercado de risco. No primeiro trimestre, o membro do grupo das "big tech" viu os seus números ficarem abaixo das estimativas dos analistas. Ainda assim, Pichai afirmou na carta que a empresa contratou 10.000 funcionários no segundo trimestre.

 

"Devido ao progresso do recrutamento este ano,  vamos abrandar o ritmo de contratações para o resto do ano, enquanto ainda apoiamos as nossas oportunidades mais importantes", escreveu. "Para o balanço de 2022 e 2023, a empresa terá como foco a contratação de cargos de engenharia, técnicos e outras bagas críticas."

 

Sundar Pichai não avançou com despedimentos, mas frisou a necessidade de "agilizar processos" e "‘reimplementar’ recursos em áreas com maior prioridade".

Ver comentários
Saber mais Google Alphabet Sundar Pichai ciência e tecnologia economia negócios e finanças economia (geral)
Outras Notícias