Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Autoridades chinesas avisam empresas estatais e bancos para reportarem exposição ao Ant de Jack Ma

As autoridades da China terão avisado empresas estatais e também bancos para reportarem a exposição financeira e outro tipo de ligações ao grupo Ant, criado pelo magnata Jack Ma.

Jack Ma, dono da Alibaba e do Ant Group, viu o IPO ser suspenso pelas entidades regulatórias.
Yuya Shino/Reuters
Negócios jng@negocios.pt 21 de Fevereiro de 2022 às 11:59
As autoridades chinesas terão voltado "à carga" no escrutínio ao império financeiro de Jack Ma. Segundo a informação avançada pela agência Bloomberg, as autoridades do país já terão deixado avisos a empresas estatais e também a bancos para verificarem a exposição financeira e ligações ao Ant Group.

A informação é avançada pela agência, citando fontes com conhecimento do tema.

Diversos reguladores, incluindo o regulador da banca, já terão indicado a várias entidades para examinarem atentamente a exposição que têm ao Ant Group, às subsidiárias e até a alguns acionistas até janeiro, refere a notícia da Bloomberg.

Esta foi, aliás, descrita como o esforço de análise mais extenso e alargado já alguma vez feito ao grupo de Jack Ma. E, segundo estes relatos, as entidades a quem foi feito este pedido deverão reportar informação às autoridades assim que possível.

Não é, no entanto, claro qual terá sido a questão que levou a esta nova vaga de escrutínio.

As autoridades chinesas têm subido o nível de escrutínio ao Ant Group ao longo do último ano, especialmente a partir do momento em que a empresa decidiu avançar com uma oferta pública inicial (IPO), entretanto caída por terra. Jack Ma teceu críticas ao regime de Pequim, que não terão sido vistas com bons olhos, e a operação acabou por não avançar.

O magnata chinês também tem andado, desde essa altura, mais afastado dos eventos públicos.

Perante as notícias mais recentes publicadas esta segunda-feira, a possível nova vaga de pressão regulatória fez mexer as ações das empresas do setor tecnológico, cotadas em Hong Kong. A Tencent, por exemplo, caiu mais de 5,2% na sessão no Hang Seng. Já a Alibaba, que detém um terço do Ant Group, fechou com perdas de 3,85% na manhã desta segunda-feira.
Ver comentários
Saber mais Jack Ma Ant Group regulação China
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio