Tecnologias Casal americano monta esquema fraudulento para roubar a Amazon

Casal americano monta esquema fraudulento para roubar a Amazon

Um casal americano roubou cerca de 1,2 milhões de dólares à gigante do comércio electrónico através de um golpe no processo de troca de produtos electrónicos da tecnológica.
Casal americano monta esquema fraudulento para roubar a Amazon
Reuters
Raquel Murgeira 07 de junho de 2018 às 19:10

Um casal americano deu um golpe que ascendeu a um total de 1,2 milhões de dólares em dois anos, ao roubar a Amazon através da sua política de troca de produtos electrónicos, segundo a CNBC.

Entre 2014 e 2016, o casal criou centenas de identidades e contas falsas na Amazon, tendo encomendado cerca de 2.700 produtos electrónicos, como câmaras digitais GoPro, Microsoft Xbox, Apple Macbooks, tablets Microsoft Surface, entre outros. 

Após encomendar os produtos, o casal informava a tecnológica que o material tinha chegado danificado ou não funcionava correctamente.

A "política amigável" de atendimento ao cliente da Amazon permite que os clientes, em alguns casos, "recebam um substituto antes de devolver um produto danificado". Os membros do casal solicitavam que a Amazon enviasse os produtos de substituição a custo zero - e, caso esta aceitasse o pedido, vendiam o material a um cúmplice, que depois voltava a vender os produtos a uma entidade em Nova Iorque, que levava os itens electrónicos até aos consumidores, explica a CNBC.

O esquema fraudulento do casal americano, oriundo do Indiana, acabou por ser descoberto. O casal confessou o crime e foi condenado a uma pena de prisão de seis anos. Já o cúmplice teve uma pena de dois anos. Os três acusados foram obrigados a devolver a totalidade do dinheiro roubado à tecnológica.

Depois deste episódio, a Amazon decidiu monitorizar mais cautelosamente os pedidos de devolução e tem eliminado contas de clientes que realizam muitas requisições de substituição de produtos sem uma causa justa como outros consumidores. A gigante do comércio electrónico já pediu aos clientes para entrarem em contacto com a empresa caso considerem que uma conta foi fechada por engano.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI