Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PeekMed levanta 3 milhões para alavancar expansão internacional e duplicar equipa

A portuguesa PeekMed desenvolveu um software para planeamento de cirurgias ortopédicas que combina imagem 3D e inteligência artificial. A empresa levantou 3 milhões de euros numa ronda de investimento série A, que permitirão a expansão internacional.

Jaime Campos, Sara Silva e João Pedro Ribeiro, os fundadores da PeekMed. DR
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 31 de Maio de 2021 às 17:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A bracarense PeekMed angariou 3 milhões de euros numa ronda de investimento série A, liderada pela Grosvenor House of Investiments. A Portugal Ventures, que já trabalhava com a PeekMed, também integrou esta ronda, que permitirá à empresa expandir-se internacionalmente. A empresa de Braga não revela em quanto se encontra avaliada na sequência da ronda de investimento.

A PeekMed, criada em 2015 por Jaime Campos, Sara Silva e João Pedro Ribeiro, um trio ligado à engenharia biomédica, desenvolveu um sistema que auxilia médicos a preparar cirurgias ortopédicas, através da junção de imagens em 3D e de inteligência artificial. Através deste sistema, os médicos podem testar diferentes cenários antes da cirurgia, tendo como principal objetivo a diminuição de contratempos durante a cirurgia. A ‘medtech’ - uma empresa que alia a tecnologia à medicina - já está presente em vários mercados internacionais, como Alemanha, França ou os EUA.

João Pedro Ribeiro, co-fundador e CEO da PeekMed, explica ao Negócios que, na Europa, os mercados da Alemanha, Áustria e Suíça estão entre as prioridades desta expansão. Mas existe vontade de reforçar a operação "também noutros mercados, como o italiano ou espanhol". Já na América do Norte, a operação dos EUA ganha destaque.

Este montante de investimento permitirá não só trabalhar no desenvolvimento do produto, através do uso de tecnologias de ‘deep learning’ mas também no reforço da equipa. João Pedro Ribeiro explica que o objetivo de contratações passa "por duplicar a equipa até ao final do ano". "Atualmente são 20 pessoas, queremos ter pelo menos 40 até ao final de 2021". Os perfis ambicionados estão ligados à área de vendas, nomeadamente através da contratação de business developers, que possam fazer a ligação entre a indústria e os médicos.

A empresa disponibiliza este sistema num modelo de subscrição anual, cujo preço varia consoante o público-alvo: médico, hospital ou indústria.

Citado em comunicado, Rui Ferreira, vice-presidente da Portugal Ventures, indica que esta entidade "está bastante satisfeita por ver uma nova ronda de investimento no projeto, que permite à empresa ter recursos para trabalhar na internacionalização em mercados-chave." A Portugal Ventures sublinha que a ‘medtech’ "está agora numa posição para implementar a estratégia e tornar-se numa líder de soluções no planeamento de cirurgias ortopédicas a nível global".

Já Duarte Costa, fundador e managing partner da Grosvenor, salienta "os ganhos substanciais de eficiência que a solução permite", traduzindo-se "num uso mais racional dos recursos e numa maior eficácia na cirurgia ortopédica, contribuindo para o bem-estar dos pacientes".
Ver comentários
Saber mais PeekMed Portugal Ventures João Pedro Ribeiro startups investimento
Outras Notícias