Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Leilão do 5G atinge 74,5 milhões no quarto dia

O preço das frequências da faixa dos 1800 MHz, reservada para novos entrantes, aumentou em 7 milhões de euros no quarto dia de licitações.

Diogo Sousa, “partner” da KPMG, está confiante de que Portugal ainda não perdeu todas as corridas do 5G.
Eric Gaillard/Reuters
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 05 de Janeiro de 2021 às 18:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O quarto dia de licitação do leilão do 5G, com faixas reservadas para novos entrantes, decorreu esta terça-feira. E segundo os dados divulgados pela entidade reguladora (Anacom) houve novamente mais seis rondas com o preço de cada lote da faixa dos 1800 Mhz a aumentar de 12,4 milhões de euros para 14,84 milhões de euros.  

O valor destes três lotes - da faixa dos 1800 Mhz e que ainda estão a concurso, não tendo sido atribuídos -  tem aumentado em cada dia do leilão, estando agora com um preço total de 44,5 milhões de euros, prevendo-se novas licitações nos próximos dias. O valor base de cada lote desta faixa era de 4 milhões de euros.

A outra frequência a concurso (de 900 MHz), com apenas um lote, continua com o preço de reserva de 30 milhões de euros. Apesar de já ter várias rondas para a atribuição deste lote, o valor base mantém-se desde o inicio do leilão, a 22 de dezembro.

A identidade dos novos entrantes que estão a concorrer por estes lotes ainda não é conhecida.

Ver comentários
Saber mais 5G Anacom leilões telecomunicações
Outras Notícias