Bolsa Ações da Uber caem 7,62% na estreia em bolsa

Ações da Uber caem 7,62% na estreia em bolsa

A Uber estreou-se na bolsa nova-ioquina a valer 42 dólares por ação, um preço 6,7% abaixo dos 45 dólares a que os títulos foram vendidos no IPO. Fechou depois nos 41,57 dólares, o que correspondeu a um recuo de 7,62%.
Ações da Uber caem 7,62% na estreia em bolsa
Reuters
Carla Pedro 10 de maio de 2019 às 17:06

A plataforma norte-americana de transporte em veículos descaracterizados Uber Technologies encerrou no seu dia de estreia a valer 41,57 dólares por ação, uma queda de 7,62% face aos 45 dólares a que os títulos foram vendidos na maior oferta pública inicial (IPO) em cinco anos – depois da Alibaba em 2014.

A empresa sediada em São Francisco (Califórnia) angariou 8,1 mil milhões de dólares no IPO, ao vender 180 milhões de ações a 45 dólares, valor que ficou assim na extremidade inferior do intervalo entre 44 e 50 dólares que tinha sido pensado. 

Ao preço de 45 dólares do IPO, a Uber ficou com uma avaliação inicial de 82,4 mil milhões de dólares. Ao fechar a valer 41,57 dólares, a sua capitalização bolsista ficou em 71,16 mil milhões. Durante a sessão, os títulos chegaram a cair 8,76% para 41,06 dólares.

A procura superou a oferta no IPO, mas a Uber definiu um preço mais conservador na tentativa de evitar o que aconteceu à Lyft, sublinhava ontem a Reuters. A rival da Uber acumula uma desvalorização de 23% desde a entrada em bolsa no passado dia 29 de março.

 

Além disso, a empresa liderada por Dara Khosrowshahi queria captar mais fundos de investimento, que – ao contrário do que sucede com os fundos de cobertura de risco – costumam comprar a preços mais baixos.

 

E há um terceiro fator muito importante: as bolsas norte-americanas estiveram toda a semana a negociar em baixa devido ao espectro de um agravamento das tarifas aduaneiras dos EUA sobre produtos chineses já a partir desta sexta-feira – o que veio a concretizar-se à primeira hora do dia, com Wall Street a cair mais de 1%.

Foi no passado dia 11 de abril que a Uber apresentou, junto da Securities and Exchange Commission (SEC) – autoridade reguladora do mercado de capitais norte-americano, equivalente à CMVM em Portugal – o pedido oficial para entrar em bolsa. 

De acordo com o propecto da empresa, a Uber estreia-se na Bolsa de Nova Iorque com o 'ticker' UBER.

 

A norte-americana, recorde-se, opera não só no transporte em veículos descaracterizados como está também a mergulhar mais a fundo na entrega de comida [com a Uber Eats], carros autónomos e táxis voadores. 

(notícia atualizada às 21:11, com a cotação de fecho)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI