Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional sobe pela quarta sessão com PSI-20 a caminho dos 5 mil pontos

O índice português renovou máximos de março, numa sessão em que o "ok" de Trump ao pacote de estímulos nos EUA está a impulsionar as bolsas europeias.

A bolsa portuguesa destaca-se com uma escalada de 20% em menos de mês e meio.
Miguel Baltazar
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 28 de Dezembro de 2020 às 08:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

O PSI-20 abriu a subir 0,7% para 4.888,85 pontos, acumulando já a quarta sessão seguida de ganhos. O índice português renovou máximos de março, que já tinha atingido na última sessão, na véspera de Natal.

O PSI-20 está cada vez mais perto dos 5 mil pontos e reduz as perdas deste ano para pouco mais de 6%. 

Nas bolsas europeias os índices também negoceiam em terreno positivo, depois do ainda presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter assinado o pacote de ajuda orçamental aprovado pelo Senado na semana passada.

O pacote combinado de 2,3 mil milhões de dólares (1,8 mil milhões de euros) obteve "luz verde" por parte da Casa Branca, mas Trump propôs uma alteração aos seus termos. Em vez dos 600 dólares que seriam entregues a todos os americanos com rendimentos inferiores a 75 mil dólares por ano, cada cidadão do país passaria a receber 2 mil dólares. Mas para já, a expectativa é de que esta alteração não tenha o crivo do Senado.

Os principais pesos pesados da bolsa portuguesa estão todos em alta, com vários deles a subirem mais de 1%. É o caso do Banco Comercial Português, que valoriza 1,77% para 0,1262 euros e também da Galp Energia, que soma 1,14% para 8,9 euros.

O Grupo EDP, que é o principal destaque da bolsa portuguesa em 2020, continua em alta, com a EDP Renováveis a somar 0,45% para 22,4 euros e a EDP a valorizar 0,39% para 5,20 euros.

O setor do retalho também sobe, com a Jerónimo Martins a somar 1,75% para 13,92 euros e a Sonae a valorizar 0,76% para 0,6595 euros.

Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa mercados Euronext cotadas empresas índice nacional Lisboa Europa
Outras Notícias