Bolsa Bolsa nacional com primeiros ganhos em cinco sessões

Bolsa nacional com primeiros ganhos em cinco sessões

Os papéis da Sonae Capital lideram os ganhos no PSI 20, que recupera de mínimos de quase um mês. A praça lisboeta abriu a sessão a valorizar 0,53% para 4.900,19 pontos.
A carregar o vídeo ...
Paulo Zacarias Gomes 06 de abril de 2016 às 08:07

O principal índice nacional abriu a sessão desta quarta-feira, 6 de Abril, em alta ligeira, a apreciar 0,53%, com 11 títulos em terreno positivo, três em queda e quatro inalterados.

Às 8h15, a praça portuguesa moderava os avanços, para os 4.892,58 pontos e a somar 0,38%.

A liderar os ganhos, com um avanço de 3,51% para 62 cêntimos por título, estava a Sonae Capital, no dia seguinte a anunciar a venda da participação indirecta de 36% na concessionária Norscut a um fundo de investimento em infra-estruturas, por 42 milhões de euros.

A Mota Engil, que em 2015 perdeu cerca de um quinto do seu negócio em África, mantinha-se do lado das quedas – afundava 2,28% para 1,76 euros. Nas últimas duas sessões a construtora viu o preço por título recuar 6,83% em bolsa, depois de os lucros da empresa terem caído 62% em 2015.

Também o BPI recuava, um dia depois de a administração ter proposto a alteração da idade máxima para o cargo de CEO do banco, abrindo caminho à permanência de Fernando Ulrich no cargo. Os títulos do banco caíam 0,81% para 1,226 euros, numa altura em que faltam quatro dias para encontrar uma solução para a exposição do banco ao mercado angolano.

A sustentar os avanços na praça portuguesa estavam os títulos da Jerónimo Martins (superiores a 1%), da EDP e do BCP (menos de 0,5%) e da Galp - que somava 1,37% para 10,71 euros, num dia de recuperação para os preços do petróleo.  


As industriais Portucel, Semapa e Altri também registavam valorizações, ainda que ligeiras. A impedir maiores ganhos no PSI 20 estava, além do BPI, também a REN. 

(notícia actualizada às 8:35 com mais informação)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI