Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CMVM suspende ações do Benfica após decisão do tribunal sobre Vieira

O regulador do mercado anunciou a suspensão da negociação do Sport Lisboa e Benfica, SAD, numa manhã em que o seu presidente, Luís Filipe Vieira, foi constituido arguido no âmbito de uma investigação da Autoridade Tributária.

Apesar dos maus resultados desportivos nas últimas jornadas, a SAD liderada por Luís Filipe Vieira acredita no sucesso da emissão obrigacionista.
Miguel A. Lopes/Lusa
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 14 de Julho de 2020 às 14:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A negociação em bolsa do Sport Lisboa e Benfica, SAD foi suspensa pela CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários), depois de o seu presidente, Luís Filipe Vieira, bem como a Benfica SAD e a Benfica Estádio terem sido constituídos arguidas no âmbito de uma investigação da Autoridade Tributária, segundo começou por adiantar o Record.

Mais tarde, na manhã desta terça-feira, dia 14 de julho, a Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou à Lusa a constituição de três arguidos na operação intitulada "saco azul", que remonta a 2018 e que envolve o Benfica. Segundo a entidade, foram constituídas arguidas uma pessoa singular e duas coletivas.

Em causa estarão 1,8 milhões de euros que terão sido pagos pelas sociedades 'encarnadas', durante seis meses, para pagar serviços que não foram prestados.

A última negociação do Benfica em bolsa data das 14:06 horas desta quarta-feira. Até ao momento o clube da luz estava a valorizar 0,73% para os 2,77 euros por ação. 

Hoje, a equipa principal de futebol recebe no Estádio da Luz o Vitória Sport Clube, de Guimarães, e em caso de empate ou derrota perderá o campeonato para o rival Futebol Clube do Porto, que amanhã joga contra o Sporting Clube de Portugal. 

Ontem, o Benfica anunciou que colocou na totalidade a emissão de obrigações a três anos no valor de 50 milhões de euros, conforme foi esta segunda-feira revelado na sessão de apresentação dos resultados da oferta pública de subscrição. A procura superou a oferta em 1,4 vezes, atingindo um montante de cerca de 69,5 milhões de euros.

A pandemia da covid-19 e as restrições impostas, nomeadamente a realização de jogos sem público, terão um impacto de "entre 20 a 25 milhões de euros" nas contas da SAD do Benfica esta época, de acordo com o administrador da sociedade anónima do clube da Luz, Domingos Soares de Oliveira.
Ver comentários
Saber mais benfica cmvm ações negociação suspensas
Mais lidas
Outras Notícias