Bolsa PSI-20 sobe pela quinta sessão a acompanhar tendência positiva das bolsas

PSI-20 sobe pela quinta sessão a acompanhar tendência positiva das bolsas

As cotadas do setor energético foram as que mais puxaram pelo índice português. A Nos atingiu um máximo de janeiro de 2017.
A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro 01 de abril de 2019 às 16:47

Abril começou com o pé direito nos mercados bolsistas e a praça portuguesa aproveitou o sentimento positivo para conseguir a quinta sessão consecutiva de ganhos.

 

O PSI-20 ganhou 0,99% para 5.258,41 pontos, com 15 cotadas em alta, duas em queda e uma sem variação. Desde o início do ano o índice acumula um ganho de 11,1%.

 

Depois do primeiro trimestre ter sido o melhor desde 2010 para as bolsas mundiais, o segundo trimestre começou com dados positivos relativos à economia chinesa, o que foi suficiente para prolongar a tendência de alta nos mercados acionistas.

 

Os investidores estão a ser animados pelas expectativas positivas para as negociações entre a China e os Estados Unidos, que serão retomadas esta semana, e pelos dados que mostram que o PMI para a indústria da China registou, em março, a maior subida desde 2012, o que aliviou os receios em torno do abrandamento da segunda maior economia do mundo.

 

Em Lisboa, o PSI-20 conseguiu a quinta sessão de ganhos, com subidas generalizadas entre as maiores cotadas.  

 

O Banco Comercial Português ganhou 1,09% para 0,2328 euros, depois de durante a sessão a Moody’s ter revelado que melhorou os ratings da dívida sénior e dos depósitos do banco, citando a descida "significativa dos ativos problemáticos e a melhoria da rentabilidade na atividade doméstica".

 

A Nos valorizou 1,4% para 5,78 euros, tendo atingido máximos desde janeiro de 2017.

 

Foi contudo o setor energético que mais puxou pelo PSI-20. A Galp Energia avançou 1,3% para 14,465 euros, numa sessão em que os ganhos do petróleo também são superiores a 1%.

 

No grupo EDP prossegue a tendência de alta, com a EDP Renováveis a ganhar 1,18% para 8,60 euros e a EDP a atingir um novo máximo de agosto após uma valorização de 0,6% para 3,526 euros.

 

No retalho e na pasta e papel o dia também foi de ganhos assinaláveis. A Sonae SGPS avançou 2,33% para 0,9435 euros e a Jerónimo Martins subiu 0,3% para 13,19 euros. A Navigator subiu 1,91% para 4,158 euros e a Altri valorizou 0,93% para 7,045 euros.

A maior subida diária da sessão foi contudo protagonizada por uma construtora. A Mota-Engil disparou 3,82% para 2,118 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI