Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Uma dúzia de subidas dão fecho positivo a Lisboa. Grupo EDP trava ganhos

A bolsa portuguesa fechou a ganhar cerca de 0,5% num dia misto na Europa. Os ganhos no índice nacional foram atenuados pelas quedas no grupo EDP.

A bolsa de Lisboa sobe mais de 14% desde o início da guerra, contrariando o movimento de correção das congéneres europeias e americanas.
Pedro Catarino
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 27 de Setembro de 2022 às 16:46
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
O PSI avançou 0,52%, para os 5.443,99 pontos, aliviando dos mínimos de seis meses da véspera. A praça portuguesa registou dos melhores desempenhos na Europa, onde apenas Atenas ganhou mais e a maioria das bolsas seguem mesmo no vermelho.

Das 15 cotadas do índice, 12 fecharam positivas, a Mota-Engil terminou o dia inalterada e duas encerraram no vermelho.

A Semapa liderou os ganhos, com uma subida de 2,76%, seguida da Galp, que avançou 2,03%, aproveitando a valorização dos preços do petróleo, e da Altri, que valorizou 1,92%.

A ajudar ao bom desempenho do PSI esteve também a Jerónimo Martins, a cotada com maior peso no índice, que subiu 1,82%. A outra cotada do retalho, a Sonae, valorizou 1,13%.

A impedir maiores ganhos do índice nacional estiveram as cotadas do grupo EDP. A EDP Renováveis caiu 1,57% e a EDP cedeu 1,22%, renovando mínimos de três e dois meses, respetivamente.
Ver comentários
Outras Notícias