Research EDP e Nos devem anunciar hoje queda nos lucros do trimestre

EDP e Nos devem anunciar hoje queda nos lucros do trimestre

A Navigator terá registado lucros em torno dos 56 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, o que corresponde a um aumento de 57% face ao mesmo período de 2017. Já a Nos e a EDP deverão reportar um resultado líquido abaixo do período homólogo.
EDP e Nos devem anunciar hoje queda nos lucros do trimestre
Bruno Simão/Negócios
Carla Pedro 10 de maio de 2018 às 08:00

A Nos, EDP e Navigator apresentam os seus resultados do primeiro trimestre esta quinta-feira após o fecho da bolsa. Segundo as projecções, das três cotadas do PSI-20, apenas a empresa do papel terá aumentado os seus lucros.

 

Nos reduz resultado líquido em 4%

 

A Nos terá registado lucros médios de 30 milhões de euros entre Janeiro e Março, segundo as estimativas de oito casas de investimento: Barclays, Berenberg, CaixaBI, Citigroup, Deutsche Bank, JB Capital Markets, Santander e CaixaBank/BPI. Se assim for, terão caído face aos 31,4 milhões reportados no mesmo período de 2017.

 

No que diz respeito às receitas, a projecção média das oito casas de investimento aponta para que tenham sido de 383,26 milhões de euros, ficando quase em linha (+0,77%) face à facturação de 380,3 milhões um ano antes.

 

Já o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) deverá ter ascendido a 146,08 milhões de euros, uma subida de 1,72% face aos 143,6 milhões entre Janeiro e Março do ano passado.

 

Sobre estas contas da operadora liderada por Miguel Almeida, o CaixaBI crê que os resultados irão reflectir tendências semelhantes às registadas no trimestre anterior, nomeadamente no segmento das telecomunicações.

 

"O menor crescimento das receitas de telecomunicações deverá ser explicado pelas menores adições líquidas e pela ausência de aumento de preços", consideram os analistas da unidade de banca de investimento da Caixa Geral de Depósitos.

 

Por seu lado, o Barclays destaca que as contas da Nos "serão uma vez mais pressionadas por alterações a nível regulatório", ao mesmo tempo que sofrerão os plenos efeitos da subida de cerca de 4,5% nos preços em Dezembro de 2016. Os analistas do banco antecipam que a Nos, "tal como muitas outras operadoras de telecomunicações", se deparem com ventos contrários no primeiro semestre deste ano.

 

A Berenberg, por sua vez, considera que a Nos está com falta de catalisadores, numa altura em que se depara com a erosão do poder de fixação de preços e com um limitado volume de crescimento, decorrente da maturidade do mercado.

 

EDP vê lucros caírem 26% com influência do EBITDA

 

Já a EDP, de acordo com as estimativas de cinco analistas inquiridos pela Bloomberg – e que a agência noticiosa não especifica quais são –, terá tido lucros médios de 165,8 milhões de euros, o que corresponde a uma queda de 23% face aos 215 milhões registados nos primeiros três meses do ano passado.

 

Pelas previsões do CaixaBI, o resultado líquido da eléctrica comandada por António Mexia terá caído 26%, a reflectir a queda do EBITDA.

 

Estes analistas estimam que o EBITDA consolidado terá diminuído em 9%, face ao primeiro trimestre de 2017, para 914 milhões de euros, pressionado pelo menor contributo do segmento das redes reguladas – sobretudo devido ao impacto negativo da desconsolidação dos activos de distribuição de gás.

 

Navigator aumenta lucros para 56 milhões

 

Em contrapartida, os analistas do CaixaBI apontam para um lucro de 56,7 milhões no primeiro trimestre fiscal da Navigator. Se esses valores se confimarem, o resultado líquido terá aumentado 59,5% face ao período homólogo, quando ascendeu a 35,6 milhões.

 

Já os analistas do BPI estimam lucros de 56 milhões de euros para a empresa liderada por Diogo da Silveira, mais 57% do que um ano antes.

 

Quanto às receitas da Navigator, ambas as casas de investimento apontam também para valores semelhantes.

 

O CaixaBI projecta receitas de 389,1 milhões de euros – e, a confirmarem-se estes números, terão caído 0,9% face aos 392,7 milhões de euros reportados entre Janeiro e Março de 2017. Já o BPI aponta para uma facturação de 391 milhões de euros, ficando assim praticamente em linha com o valor apurado um ano antes.

No que se refere ao EBITDA da empresa no mesmo período, a nota de "research" do CaixaBI prevê que ascenda a 106,4 milhões de euros – um incremento de 18,1% face aos 90,2 milhões de um ano antes. O BPI, por seu turno, coloca o EBITDA da Navigator nos 113 milhões de euros (mais 25%).




pub

Marketing Automation certified by E-GOI