Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta terça-feira há novos indicadores económicos para avaliar, com destaque para o PIB e o emprego da Zona Euro no segundo trimestre. Por cá teremos os dados do comércio internacional. Hoje pode ser também dia de a Apple apresentar Apple Watch 6 e o iPad Air 4, e Wall Street reabre com o S&P 500 já a integrar novas cotadas.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 08 de Setembro de 2020 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Evolução do PIB e do emprego na Zona Euro

O Eurostat vai apresentar nesta terça-feira os dados sobre a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) na Zona Euro, bem como a evolução do emprego nesta geografia durante o segundo trimestre deste ano. No resto da Europa, destaque para a balança comercial da Alemanha e França em julho. De Itália virão os números das vendas a retalho, também referentes a julho. Por cá, o INE também divulga as estatísticas do comércio internacional relativas a julho, bem como o índice de custos de construção de habitação nova no mesmo mês.

Wall Street reabre com nova composição no S&P 500

As bolsas norte-americanas regressam hoje à negociação, depois de terem estado encerradas na segunda-feira para comemoração do Dia do Trabalhador. Os analistas e investidores – bem como a administração da Tesla – foram surpreendidos na sexta-feira com a não inclusão da fabricante de automóveis 100% elétricos no índice S&P 500. Após a empresa ter apresentado lucros no segundo trimestre e assim cumprir o único requisito que lhe faltava – quatro trimestres consecutivos de resultados positivos – era dado como adquirido que iria fazer parte do índice alargado de Wall Street. Na noite de sexta-feira, contudo, o comité responsável pela composição do S&P 500 ignorou a Tesla, apesar de ter trocado três das empresas que integram o índice. As novas cotadas no S&P 500 são a Etsy, um marketplace de "arts and crafts", a Teradyne, fabricante de equipamento de testes, e a farmacêutica Catalent. De saída estão a H&R Block, uma empresa de software fiscal, a companhia de cosmética e beleza Coty e o retalhista Kohls.

Apple Watch 6 e o iPad Air 4 podem ser apresentados hoje

Cresciam ontem os rumores de que a empresa da maçã poderá dar hoje a conhecer o Apple Watch 6 e o iPad Air 4. Segundo o LeaksApplePro, no Twitter, a tecnológica liderada por Tim Cook poderá mesmo apresentar hoje estes dois novos produtos, ficando o iPhone 12 para outubro. Recorde-se que a pandemia levou a Apple a decidir adiar o seu evento anual de inícios de setembro para a segunda quinzena de outubro. A empresa viu-se obrigada a adiar o evento de apresentação da linha 12 do iPhone, compatível com a tecnologia 5G, devido a atrasos na produção do aparelho – decorrentes da covid-19. No início de setembro é habitual a Apple apresentar novos produtos, com destaque para os novos iPhone, mas desta vez não será assim. Espera-se que a Apple anuncie quatro novos iPhone da nova linha, com os modelos 5G a ficarem disponíveis em novembro.

Steven Wood gasta mais 300 mil euros para ficar com 6,5% dos CTT

Steven Wood, administrador não executivo dos CTT, voltou a reforçar a posição nos CTT, depois de ter investido mais de 300 mil euros em ações da cotada nacional. De acordo com um comunicado enviado na segunda-feira à CMVM, já depois do fecho da bolsa, Steven Woods, através do fundo GreenWood Builders, fez um conjunto de aquisições nos três primeiros dias de setembro que elevaram a sua posição no capital dos CTT para 6,5%. No dia 27 de agosto, data da última comunicação de compras por parte de Steven Wood, o acionista tinha passado a deter 6,38% dos CTT, após investir 234 mil euros. Desta vez, o administrador não executivo dos correios gastou um total de 314.552,32 euros para comprar um total de 120 mil ações da empresa.

Efanor volta a reforçar na Sonae Capital e na Sonae Indústria

A holding da família Azevedo continua a reforçar a participação na Sonae Capital e na Sonae Indústria, com compras no mercado a um preço inferior às contrapartidas anunciadas na OPA. A Efanor comprou 610.000 ações da Sonae Capital na sessão de 7 de setembro, tendo as aquisições sido realizadas a um preço médio de 0,688 euros por título – abaixo da contrapartida de 0,70 euros oferecida na OPA que a Efanor lançou sobre a empresa a 31 de julho. Foi também ontem anunciado que a Efanor reforçou igualmente na Sonae Indústria, com a compra de 35.000 ações na sessão de sexta-feira, 4 de setembro, a um preço médio unitário de 1,129 euros. Assim, a Efanor investiu 39.480 euros na aquisição das ações, que custariam 39.900 euros se compradas pelo valor da contrapartida proposta na OPA, que é de 1,14 euros.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias