Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fintech Wise estreia-se hoje na bolsa de Londres ao estilo Spotify a valer 9 mil milhões

A "fintech" criada por dois jovens da Estónia, mas que tem sede no Reino Unido, estreia-se hoje na bolsa londrina através de uma listagem direta e não de um IPO.

Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 07 de Julho de 2021 às 12:51
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
A Wise, uma das maiores "fintechs" britânicas, estreou-se na bolsa de Londres nesta quarta-feira, dia 7 de julho, com uma avaliação de mercado na ordem dos 7,95 mil milhões de libras (o equivalente a 9,3 mil milhões de euros). A operação de entrada em bolsa não se fez através de um IPO, uma oferta pública inicial, mas sim de uma listagem direta em bolsa, algo inédito no mercado bolsista em "terras de sua majestade".

Os primeiros minutos de negociação desta empresa decorreram às 11:22 horas da manhã, no horário de Londres, com a empresa a cotar nas 8 libras, em linha com as expectativas do mercado que apontavam para um preço inicial entre 7,5 e 8,2 libras. 

A entrada em bolsa deu-se através de uma listagem direta, o que, ao contrário do mais tradicional IPO, não implica que existam bancos a coordenar a procura dos investidores durante o período de pré-estreia e que não foi definido qualquer intervalo de preços no prospeto de entrada em bolsa. Este método foi estreado pelo Spotify, a plataforma de "streaming" de conteúdos de áudio, há três anos, em Wall Street.

A Wise, anteriormente conhecida como TransferWise, foi fundada em 2010 pelos estonianos Taavet Hinrikus e Kristo Käärmann, que decidiram avançar para a fundação de uma "fintech" por considerarem que a banca tradicional cobrava elevadas comissões para transferir dinheiro do Reino Unido para a Estónia.

Atualmente, a empresa britânica afirma ter mais de 10 milhões de clientes que usam os seus serviços para transferir cerca de 5 mil milhões de libras (5,85 mil milhões de euros) para lá da fronteira que separa o Reino Unido do resto do mundo, a cada mês. Por esta razão, esta estreia em bolsa está a ser vista também como um teste ao pós-Brexit.

No passado dia 26 de março, a União Europeia e o Reino Unido chegaram a acordo sobre um novo pacto de serviços financeiros pós-Brexit, que tem como objetivo permitir a cooperação na regulamentação entre ambas, mas pouco contribui para melhorar o acesso de Londres ao bloco central. 

A entrada da Wise em bolsa representa um ano de recordes de novas estreias no mercado bolsista de Londres este ano. Várias empresas de tecnologia, incluindo a Deliveroo, a Trustpilot ou a Moonpig já listaram em Londres este ano e ajudaram a empurrar as ofertas públicas iniciais (IPO) para um recorde.
Ver comentários
Saber mais Fintech Wise Londres IPO Spotify Spotify Reino Unido economia negócios e finanças mercado e câmbios bolsa economia (geral) mercado financeiro macroeconomia
Outras Notícias