Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seis momentos de cultura para ultrapassar as restrições

Referências bíblicas desconstruídas, cinema documental no Porto (e sem sair de casa) ou uma viagem até à Palestina. Aqui encontra sugestões para este fim de semana com restrições e para trazer cultura aos restantes dias da semana.

Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 20 de Novembro de 2020 às 11:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

MARIA, A MÃE

Jesus, Maria, José. Talvez esta seja a família mais conhecida do mundo, há vários séculos. O que Elmano Sancho faz em "Maria, A Mãe" é partir para uma versão mais contemporânea da Sagrada Família. Tudo começa com uma tradição secular: a do oratório que circula entre as casas da vizinhança. O verdadeiro desafio para o público é, depois, ir percebendo em que pontos as narrativas bíblica e teatral se aproximam e se afastam. Com um elenco liderado por Custódia Gallego, a peça permite depois partir para um conjunto de temáticas de reflexão urgente: a perda, a dor, a solidão, a velhice, o esquecimento ou a morte. Um trabalho intenso para ver no Teatro da Trindade, em Lisboa, até 20 de dezembro. Sempre de quarta a domingo às 19h00, exceto neste fim de semana.



O BALCÃO

Jean Genet, autor de "O Balcão", defendia o teatro como lugar de liberdade. Em fim de semana de restrições, rumar ao Teatro Nacional de São João, no Porto, pode ser uma forma de atenuar a sensação de claustrofobia. O encenador Nuno Cardoso explora um texto marcante da dramaturgia mundial onde, num bordel de luxo, se espelham as lógicas do poder. Há sessão neste sábado pelas 10h00. Ou, se preferir, esta sexta às 19h00.



PORTO/POST/DOC

O festival Porto/Post/Doc está de volta ao Porto para mais uma edição, até 29 de novembro. Com mais de 60 filmes em cartaz, o certame arranca esta sexta-feira no Rivoli com o filme "David Byrne's American Utopia" de Spike Lee. Mesmo não havendo sessões neste fim de semana, devido às restrições, pode sempre fazer parte do evento: o festival conta com uma plataforma "online" onde estão disponíveis quase todos os títulos da programação.



COREOGRAFIA

As restrições no fim de semana levaram a equipa do festival Alkantara a alterar o novo espetáculo de João dos Santos Martins para as próximas segunda e terça-feira. Cruzando referências de diferentes contextos, o criador procura contrariar a ideia de que é difícil expressar um texto através da dança. Como estão ligadas a dança e o pensamento? As respostas podem ser encontradas no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, pelas 19h00.


 

MOER O VENTO

Da Palestina para o Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, Dina Mimi propõe uma viagem por arquivos, sonhos e livros. Nesta conferência-performance, a artista palestiniana revela a história do bisavô, sujeito a testes médicos num hospital militar israelita. O corpo transforma-se, ele próprio, numa forma de protesto. Ao abrigo do festival Alkantara, o encontro fica marcado, a partir da próxima terça e até dia 27 de novembro, sempre pelas 21h00.

 

 

PAIXÃO SEGUNDO JOÃO

O novo trabalho de Pedro Lacerda inaugura, na próxima terça-feira, o espaço do Novo Negócio da ZDB, em Lisboa. "Um espetáculo sobre a vida, sobre a justificação da existência, para que não possa ser definida como um fracasso", escreve o criador. No teatro, como na vida, é o choque de versões que constrói a realidade. O trabalho fica em cena até 6 de dezembro, sempre de terça a domingo pelas 19h30.

Ver comentários
Saber mais teatro cultura arte música cinema exposições lazer Weekend cartaz covid pandemia restrições
Outras Notícias