Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Agricultura quer aproveitar braços livres para trabalhar no campo

A CAP vai discutir com o Governo a hipótese de recorrer de forma temporária aos trabalhadores da indústria e do comércio que sejam colocados em lay-off devido à pandemia de covid-19.

Negócios jng@negocios.pt 30 de Março de 2020 às 09:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai entregar esta semana ao Executivo uma proposta para o aproveitamento temporário de uma parte da mão-de-obra que ficou sem ocupação na indústria e nos serviços devido à pandemia de covid-19.

 

"Não vamos montar um esquema destes sem a concordância do Governo, porque estamos a falar de uma situação de saúde pública, mas temos uma mensagem que é: a agricultura não pára. E vemos algum potencial nessa ideia, mas precisamos de falar com três ministérios: Agricultura, Economia e Trabalho", disse Eduardo Oliveira e Sousa.

 

Em declarações ao Público, o representante dos agricultores portugueses admitiu o "potencial" de replicar em Portugal as experiências de França ou da Alemanha, onde foram criadas plataformas online para que desempregados ou trabalhadores com contratos suspensos se inscrevam para ir trabalhar nos campos.

 

É que, por um lado, aproxima-se um período de colheitas e, por outro, as explorações agrícolas duvidam que desta vez seja possível recorrer a mão-de-obra estrangeira devido às restrições de circulação e de saúde que estão atualmente em vigor em vários países, incluindo Portugal.

Ver comentários
Saber mais coronavírus covid-19 agricultura cap governo emprego indústria comércio
Outras Notícias