Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Reino Unido levanta quarentena para britânicos vacinados que viajem de Portugal

O Reino Unido vai alterar as regras de isolamento. A partir de 19 de julho, quem viaje a partir de Portugal e outros países na lista âmbar não precisa de cumprir quarentena obrigatória, desde que esteja totalmente vacinado.

A carregar o vídeo ...
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 08 de Julho de 2021 às 12:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

O Reino Unido vai alterar as regras de isolamento. A partir de dia 19 de julho, quem viaje para o país a partir de Portugal e outros países na lista ambar não precisará de cumprir quarentena, desde que esteja totalmente vacinado. 


No Twitter, o ministro britânico dos Transportes anunciou a mudança nas regras de isolamento para os britânicos que já estejam totalmente vacinados. "A partir de segunda, 19 de julho, os adultos britânicos totalmente vacinados não precisarão de se isolar ao voltar de países na lista ambar".

Recorde-se de que o Reino Unido adotou um esquema de semáforo, onde a lista âmbar - ou amarela - inclui os países que necessitam de quarentena à chegada. O governante especifica também que estão incluídos os adultos "em ensaios clínicos", indicando que se trata "de outro passo para reabrir totalmente as viagens internacionais". 

Na mesma rede social, Grant Shapps indicou também que "as crianças abaixo dos 18 anos não precisarão de fazer o autoisolamento".


Por vacinação completa entende-se que tenham passado, pelo menos, 14 dias desde a administração da segunda dose (caso seja esse o esquema de vacinação). De acordo com a informação avançada pelo governante britânico no Parlamento, continuará a ser necessário que os viajantes apresentem um teste à covid-19 com um resultado negativo 72 horas antes do regresso. À chegada é necessário realizar um novo teste PCR, nas primeiras 48 horas. 

A 5 de julho, a Alemanha retirou Portugal da lista de países com interdição de entrada no país devido a alta prevalência da estirpe Delta do vírus covid-19. Outros quatro países estavam na mesma circunstância: Reino Unido, Índia, Rússia e Nepal. O anúncio foi feito pelo Instituto Robert-Koch de Vigilância Sanitária e entrou em vigor esta quarta-feira, 7 de julho.

Entrada e saída depois da Champions


Foi no início do mês de junho que Portugal saiu da lista verde do Reino Unido, onde estão os destinos que dispensam quarentena. Enquanto o país esteve nesta lista britânica de destinos preferenciais, dispensando a quarentena de 10 dias, as reservas para férias em Portugal dispararam, sobretudo na região do Algarve. 

Já a partir do momento em que foi anunciada a entrada de Portugal - um dos destinos mais populares junto dos britânicos - na lista com quarentena obrigatória, dispararam os preços dos voos para o Reino Unido nos dias anteriores à mudança de regras.

Na altura, logo após o anúncio, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, indicou que não conseguia alcançar "a lógica da decisão". "Tomámos nota da decisão britânica de retirar Portugal da 'lista verde' de viagens, uma decisão cuja lógica não se alcança", escreveu a 3 de junho o Ministério que tutela a diplomacia externa, recorrendo à rede social Twitter.

Ver comentários
Saber mais turismo viagens Reino Unido Portugal quarentena transportes
Outras Notícias