A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Putin garante que Rússia está pronta para responder às necessidades de gás da Europa

Vladimir Putin afirma que a Rússia está preparada para fazer chegar gás natural à Europa para responder às necessidades do continente, numa altura em que os preços da energia estão a disparar.

reuters
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 13 de Outubro de 2021 às 13:59
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O Presidente russo afirma que a Rússia está preparada para fazer chegar à Europa gás natural para responder ao aumento da procura, em declarações citadas pela Bloomberg. As declarações de Vladimir Putin são feitas num momento em que a Europa está a ver os preços do gás natural disparar, gerando uma crise energética antes da chegada do inverno.


Na ótica de Putin, a crise energética na Europa não é justificada apenas por perturbações no lado da produção, mas também por questões de falhas nas políticas. O líder russo defende que os países europeus cometeram um "erro" ao contar com compras pontuais em vez de assegurar contratos a longo prazo.


A Rússia, que é o maior fornecedor a fazer chegar gás natural à Europa, afirma estar "preparada para discutir quaisquer passos adicionais" e chegar a um meio termo com os parceiros, afirma Putin, a propósito da Semana de Energia na Rússia, em Moscovo. De acordo com a Bloomberg, o líder russo terá criticado "as falhas sistemáticas" no sistema de energia e a cultura de "troca de culpa" sempre que as coisas não correm como esperado. 


Os preços do gás e eletricidade têm estado a disparar na Europa, numa altura em que o continente se prepara para enfrentar o inverno. E, neste cenário, os abastecimentos abaixo do esperado vindos da Rússia têm pesado. 


No domingo, Putin já havia afirmado que a Rússia estava disponível a ajudar a "equilibrar" o mercado europeu e a estabilizar os preços, considerando um possível aumento" no volume de gás fornecido à Europa. As reservas de gás na Europa estão em níveis baixos também devido a um inverno prolongado e a uma contribuição reduzida de energias renováveis devido às condições meteorológicas.

Ver comentários
Saber mais Rússia gás natural Europa
Outras Notícias