Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moscovo impõe tarifas entre 25% e 40% a alguns produtos dos EUA

A Rússia impôs esta sexta-feira tarifas entre os 25% e os 40% à importação de vários produtos originários dos EUA. A medida surge em retaliação às tarifas aplicadas pela Casa Branca às importações de aço e alumínio da Rússia.

Reuters
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 06 de Julho de 2018 às 15:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O governo russo começou esta sexta-feira a aplicar tarifas entre 25% e 40% a diversos produtos importados dos EUA numa resposta às tarifas que Washington decidiu impor à importação de aço e alumínio russos.

"As medidas afectam alguma maquinaria para obras em estradas, equipamento para o sector do petróleo e gás, maquinaria para a indústria metalúrgica e para a perfuração mineira, bem como a fibra óptica", indicou o ministro da Economia russo, Maxim Oreshkin.

Os EUA impuseram tarifas de 10% sobre as importações de alumínio russo e de 25% nas importações de aço.

"As perdas dos exportadores russos devido às tarifas norte-americanas estão estimadas em 537,6 milhões de dólares (460 milhões de euros ao câmbio actual). A subida das nossas tarifas nesta fase apenas compensa parcialmente estas perdas, valendo cerca de 87,6 milhões de dólares (75 milhões de euros)", detalhou o governante.

Este valor é o máximo que a Rússia pode obter neste momento de acordo com as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC). 


"O resto das medidas compensatórias poderão ser implementadas quando tenham decorrido três anos desde a entrada em vigor das tarifas dos EUA [o que ocorrerá a 21 de Março de 2021], ou caso a OMC considere ilegais as medidas de Washington", acrescentou Oreshkin.

Ver comentários
Saber mais EUA Rússia Maxim Oreshkin Organização Mundial do Comércio OMC´ tarifas guerra comercial aço alumínio
Mais lidas
Outras Notícias