Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rusal vai nomear novo conselho de administração para levantar sanções dos EUA

A russa Rusal, uma das maiores produtoras de alumínio do mundo, vai reestruturar o conselho de administração numa tentativa de retirar a empresa da lista de sanções dos EUA.

Reuters
Raquel Murgeira raquelmurgeira@negocios.pt 27 de Abril de 2018 às 12:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Rusal, segunda maior produtora de alumínio do mundo, vai mudar o seu conselho de administração numa tentativa de deixar de fazer parte de uma lista de sanções dos EUA, segundo adiantam fontes, citadas na Reuters.

A fabricante de alumínio é responsável por 6% da produção mundial da matéria-prima e pretende agora nomear uma administração totalmente independente, assim como uma nova equipa de gestores para voltar a poder enviar carregamentos de alumínio para clientes espalhados por todo o mundo. 

"A Rusal está em contacto com as autoridades americanas e espera que esta medida seja suficiente para que seja retirada da lista de sanções", afirma uma das fontes, citada pela Reuters.

A produtora russa espera que o seu principal accionista, Oleg Deripaska - colocado ao lado da Rusal na lista de sanções dos EUA - possa manter a sua participação de 48% na empresa.

"48% não é uma participação controladora como de 50%, que em função das regras dos EUA acciona as sanções", acrescentou a fonte, citada na Reuters.

Isto porque na passada segunda-feira, 23 de Abril, o Tesouro americano admitiu aliviar as sanções à Rusal, na condição de Oleg Deripaska, oligarca russo, abdicar da posição que tem na empresa. 

Os EUA decidiram sancionar empresas russas na sequência de suspeitas da interferência do Kremlin nas presidenciais americanas – sendo que os oligarcas responsáveis pelas empresas têm fortes ligações ao Governo. 

As acções da Rusal estão a subir 1,93% para 29,52 rublos. 

Ver comentários
Saber mais Rusal Oleg Deripaska Governo política economia negócios e finanças matéria-prima alumínio sanções EUA
Mais lidas
Outras Notícias