Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Biden foge a Sanders e está mais próximo de ser o candidato democrata

Joe Biden voltou a viver uma terça-feira extremamente positiva nas eleições primárias do Partido Democrata nos EUA e alargou a vantagem sobre Bernie Sanders na corrida à nomeação democrata para ser o candidato presidencial nas eleições de 3 de novembro.

Reuters
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 11 de Março de 2020 às 08:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Joe Biden voltou a viver uma terça-feira extremamente positiva nas eleições primárias do Partido Democrata nos EUA. O antigo vice-presidente de Barack Obama terá vencido as primárias nos estados de Idaho, Michigan, Mississippi e Missouri, enquanto no Dakota do Norte e Washington os resultados preliminares ainda não permitem declarar um vencedor. Com estes resultados, Biden alargou a vantagem sobre Sanders e é cada vez mais favorito a ser o adversário de Donald Trump nas presidenciais de 3 de novembro.

De acordo com as projeções das televisões e os resultados já apurados, Biden conquista pelo menos quatro estados, incluindo o Michigan, que Bernie Sanders venceu nas primárias de 2016, onde estão em jogo 125 delegados.

Biden terá garantido também as vitórias no Idaho, Mississippi e Missouri, três estados que, no conjunto, representam 124 delegados.

No estado de Washington, que elege 89 delegados, com 69% dos votos contabilizados, Sanders lidera por uma margem mínima. Já no Dakota do Norte, com 63% dos votos apurados, o senador do Vermont surge na frente com uma vantagem um pouco superior.

Na contagem dos delegados já garantidos até ao momento, Joe Biden soma 823 delegados e Sanders 663. O "número mágico" é 1.991 delegados, que garantem a maioria necessária para a nomeação a candidato dos democratas nas eleições presidenciais de 3 de novembro.

Ver comentários
Saber mais EUA Joe Biden Bernie Sanders Washington Idaho Michigan Mississippi Missouri Dakota do Norte Donald Trump eleições primárias delegados
Mais lidas
Outras Notícias