Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Produção automóvel portuguesa cai 4,3% até fevereiro

A produção de veículos automóveis em Portugal registou uma quebra de 4,4% em fevereiro em termos homólogos. Nos primeiros dois meses do ano o decréscimo é de 4,3%.

Luís Viegas
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 16 de Março de 2020 às 17:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A produção de veículos automóveis em Portugal registou uma quebra de 4,4% em fevereiro em termos homólogos, para 30.456 viaturas, indicou esta segunda-feira a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

O decréscimo registou-se apesar das várias fábricas contactadas pelo Negócios terem assegurado no final de fevereiro que ainda não sentiam o impacto da pandemia da covid-19.

Nos dois primeiros meses deste ano a produção cifrou-se em 60.108 unidades, menos 4,3% do que um ano antes.

Em fevereiro, a produção de ligeiros de passageiros recuou 3,8% para 25.002 unidades, sendo que nos dois primeiros meses do ano este segmento contabiliza 48.417 veículos produzidos, menos 7,4% do que em igual período de 2019.

Já nos comerciais ligeiros registou-se um decréscimo de 4,6%, para 5.098 unidades. No entanto, nos dois primeiros meses do ano este segmento apresenta um crescimento de 14,7%, para 10.946 viaturas.

A produção de veículos pesados foi a mais penalizada. As 356 viaturas produzidas em fevereiro representam uma quebra homóloga de 30,1%. E nos dois primeiros meses do ano a produção destes veículos recuou 22,8%, para 745 viaturas.

A ACAP assinala que 98,2% dos veículos produzidos têm como destino a exportação, destacando-se os mercados da Alemanha (18,9%), França (17,2%), Itália (15,8%), Espanha (11%) e Reino Unido (10,2%).

Em fevereiro, foram ainda montados 45 veículos pesados em Portugal, todos eles autocarros, o que traduz uma quebra de 86,8% face a igual mês de 2019. No acumulado do ano foram montados 134 veículos, menos 82,2% do que no período homólogo.

Ver comentários
Saber mais ACAP produção automóvel covid-19
Mais lidas
Outras Notícias