Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco polaco do BCP volta a constituir provisões e antecipa resultado negativo no terceiro trimestre

O Bank Millenium constituiu provisões cerca de 92 milhões de euros para acautelar riscos relacionados com empréstimos em moeda estrangeira. O banco apresenta os resultados do terceiro trimestre a 24 de outubro.

Instituição financeira detida pelo BCP na Polónia constituiu provisões de 451 milhões de zlotys.
Reuters
Fábio Carvalho da Silva fabiosilva@negocios.pt 07 de Outubro de 2022 às 17:30
  • Partilhar artigo
  • ...

O Bank Millennium, detido pelo BCP, voltou a constituir provisões no terceiro trimestre, desta vez de 447 milhões de zlotys (91,90 milhões de euros à taxa de câmbio atual), para acautelar riscos relacionados com empréstimos em moeda estrangeira. Além disso, antecipa resultados negativos no terceiro trimestre, segundo o comunicado enviado ao regulador financeiro polaco.

 

A administração do Bank Millennium, detido a 50,1% pelo banco português, espera - em resultado deste nível de provisões - "um resultado líquido negativo no terceiro trimestre de 2022". A instituição financeira frisa que este período "foi o sexto trimestre consecutivo em que o número de acordos amigáveis ultrapassou a fasquia dos dois mil e foi superior ao número de nova ações judiciais desencadeadas contra o banco".

 

A instituição explica ainda que este valor reflete "a tendência seguida nas decisões judiciais, a entrada de novos processos e as implicações que resultam da metodologia da avaliação do risco de processos em tribunal incorrido pelo banco".

 

O banco polaco acrescenta que até setembro foram contabilizados 5,27 mil milhões de zlotys em provisões (cerca de mil milhões de euros).

 

No comunicado, o Bank Millennium dá ainda conta de que foram constituídos mais 51 milhões de zlotys (10,50 milhões de euros) para salvaguardar riscos gerados pelo crédito do Euro Bank, detido pelo BCP desde 2019 "mas sem impacto nos resultados líquidos".


Os créditos em moeda estrangeira (que o Bank Millennium deixou de conceder em 2008) têm levado à constituição de provisões desde 2019, ano em que 
o Tribunal de Justiça Europeu determinou que os clientes dos bancos polacos podem pedir aos tribunais que os contratos de crédito à habitação em francos suíços sejam convertidos para a moeda local.

A última vez que o banco polaco anunciou a constituição de provisões tinha sido em julho. Na altura, o Bank Millenium anunciou que tinha reservado 467, 4 milhões de zlotys para acautelar riscos do banco, mais 48 milhões de zlotys para salvaguardar o risco do Euro Bank.

O Bank Millennium apresenta os resultados referentes ao terceiro trimestre no próximo dia 24 de outubro.

Saber mais Bank Millenium Bank Millennium BCP Euro Bank economia negócios e finanças banca economia (geral) economia (geral)
Outras Notícias