Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundo de Resolução: Orçamento sem verba para o Novo Banco "seria desastre total"

O presidente do Fundo de Resolução está a ser ouvido na comissão de Orçamento e Finanças, numa audição realizada a pedido do PS.

Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 16 de Setembro de 2020 às 11:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...
O Orçamento do Estado para 2021 pode não vir a incluir uma verba para o Fundo de Resolução injetar no Novo Banco. Sobre esta possibilidade, Luís Máximo dos Santos, presidente do fundo, alerta que qualquer que seja a medida adotada não deverá pôr a instituição financeira em risco. "Era o desastre total", defende. 

"É uma questão iminentemente política. Não posso estar a responder por matérias políticas", começou por dizer Máximo dos Santos aos deputados, na comissão de Orçamento e Finanças, quando questionado sobre a possibilidade de o Governo não vir a incluir uma verba no orçamento, tal como tem acontecido todos os anos. 

Ainda assim, o presidente do Fundo de Resolução afirma que o "que acharia mais errado seria fazermos qualquer coisa que pusesse em risco o Novo Banco. Isso então era um desastre total". Depois "do esforço que foi feito, depois daquilo que foi pedido, entrarmos num processo em que por qualquer razão o banco sofresse danos tremendos, então isso era negar todo o percurso e era criar instabilidade financeira em cima de uma crise gravíssima". 

"Agora, acredito que os problemas serão resolvidos, como é evidente", rematou Máximo dos Santos. 

O comentator Luís Marques Mendes afirmou, na semana passada, que o "Governo não vai inscrever um único euro no Orçamento do Estado para o Novo Banco". Uma questão que João Leão, ministro das Finanças, disse recentemente, em entrevista à RTP3, que é "prematura" e "extemporânea", estando dependendo da análise da auditoria da Deloitte aos atos de gestão. 

Esta quarta-feira, o Negócios avança que, perante a recusa dos partidos de esquerda em viabilizar um Orçamento do Estado com mais dinheiro para o Novo Banco, está a ser procurada uma solução alternativa. Esta passa pela constituição de um sindicato de bancos nacionais.

O presidente do Fundo de Resolução está a ser ouvido no Parlamento sobre as vendas de imóveis e créditos do Novo Banco e que têm impacto nas injeções de capital do Fundo de Resolução no banco. A audição foi aprovada na comissão de Orçamento e Finanças, após requerimento do PS. 
Ver comentários
Saber mais Máximo dos Santos Banco de Portugal Fundo de Resolução Novo Banco
Mais lidas
Outras Notícias