Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ferreira da Costa investe 190 milhões com foco especial na maior avenida do Porto

A Avenida da Boavista é o principal alvo de investimento da Fercopor, que tem nove projetos em carteira, distribuídos pelo Porto, Lisboa e Vila do Conde, cidade de origem da família fundadora da imobiliária de luxo.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 20 de Setembro de 2021 às 11:28
  • Partilhar artigo
  • 6
  • ...

É junto à Avenida da Boavista, no Porto, onde construiu o seu primeiro edifício, em 1986, que a Fercopor está a desenvolver a maioria dos seus projetos imobiliários.

 

Tem atualmente em curso a construção do Soul, na Rua António Bessa Leite, uma transversal da Avenida da Boavista. Trata-se de um empreendimento de habitação de luxo com 30 apartamentos, com um preço médio ao público de quatro mil euros o metro quadrado.

 

Seguir-se-á, "ainda este ano", a comercialização de um outro com 19 habitações projetadas pelo arquiteto José Carlos Cruz.

 

Ainda na Avenida da Boavista, junto ao edifício Burgo, avança agora com a construção de um edifício de escritórios com 17 andares, um projeto assinado pelo arquiteto Manuel Aires Mateus para uma área construtiva de 17.500 metros quadrados.

 

"Identificámos na Avenida da Boavista o potencial para se tornar um renovado polo de habitação de luxo na cidade e o mercado nacional tem respondido de forma positiva. O Soul, apesar de estar em construção, está vendido quase na totalidade e acreditamos que os próximos projetos terão o mesmo nível de procura", refere Mário Almeida, administrador da Fercopor, em comunicado.

 

"No Porto, escolhem-nos famílias que querem manter-se perto do centro da cidade, mas temos também sentido que fenómenos como o teletrabalho e o interesse por lugares mais ligados à natureza e bem-estar fizeram crescer zonas limítrofes, como Vila do Conde, em que estamos a reforçar o nosso investimento", acrescenta o mesmo gestor.

 

Em Vila do Conde, cidade de origem da família Ferreira da Costa, fundadora da Fercopor, está a ser concluída a obra do VC Parque, que "tem já vendidos todos os 34 apartamentos distribuídos por dois edifícios".

 

Também na Avenida Júlio Graça, a principal de Vila do Conde, a Fercopor vai iniciar "em breve" a comercialização do empreendimento Casa Verde - em que parte do projeto envolve a reabilitação de um edifício clássico -, e pretende arrancar, até ao final deste ano, com a construção de um terceiro empreendimento com oito frações.

 

"Ao todo, serão mais de 200 as novas moradas criadas pela Fercopor, com algumas delas a trazerem à empresa o início de atividade em Lisboa - em 2022 avançará a comercialização do primeiro empreendimento na capital, localizado numa das suas zonas mais nobres: junto ao Marquês de Pombal e com vista para o Parque Eduardo VII", realça a imobiliária.

 

Contas feitas, "dois empreendimentos em construção e outros sete a entrar em fase de comercialização entre 2021 e 2022 levam a Fercopor a um recorde na valorização da sua carteira de projetos: 190 milhões de euros", contabiliza a empresa, numa altura em que a segunda geração da família de Alberto Ferreira da Costa assume os comandos da imobiliária sediada em Vila Nova de gaia, onde gere um parque empresarial que resultou da conversão da antiga fábric Ada Coats & Clark, que adquiriu oito anos.

 

Ver comentários
Saber mais fercopor avenida da boavista ferreira da costa soul vila do conde mário almeida
Outras Notícias