Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Inglês compra loja de pastéis de nata por 1,7 milhões no Porto

Trata-se do espaço de 207 metros quadrados arrendado à Castro - Atelier de Pastéis de Nata, do grupo Plateform, que ocupa o piso térreo de um edifício recentemente reabilitado na confluência da Rua Mouzinho da Silveira com o Largo de São Domingos, na Baixa da cidade.

A loja adquirida por um investidor privado de origem britânica está arrendada à Castro - Atelier de Pastéis de Nata.
Rui Neves ruineves@negocios.pt 04 de Maio de 2021 às 11:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Um investidor britânico adquiriu a um grupo português, por cerca de 1,7 milhões de euros, uma loja localizada no piso térreo de um edifício recentemente reabilitado na confluência da Rua Mouzinho da Silveira com o Largo de São Domingos, na Baixa do Porto.

 

Sem identificarem o comprador nem o vendedor, as consultoras Athena Adviser e JLL anunciaram esta terça-feira, 4 de maio, que em causa está o espaço comercial de 207 metros quadrados que está arrendado à Castro - Atelier de Pastéis de Nata, conceito que aposta na confeção artesanal e à vista dos visitantes do tradicional ícone da pastelaria portuguesa. 

 

A Castro - Atelier de Pastéis de Nata pertence ao grupo Plateform, criado por Rui Sanches em 1998 e que é formado por 24 marcas de restauração, das quais 21 próprias e três internacionais.

 

A transação foi concretizada pela consultora internacional Athena Advisers, que representou o comprador na sua primeira aquisição em Portugal, e a JLL que atuou em nome do proprietário da loja, "igualmente uma entidade privada de nacionalidade portuguesa" , refere a mesma consultora imobiliária.

 

"Esta é uma transação particularmente interessante, não apenas por vermos um privado a investir em produtos do setor comercial mas também porque o faz no segmento de retalho, um dos que mais tem sofrido com a pandemia. Isto revela que a confiança no imobiliário enquanto ativo de investimento não foi abalada, pois mesmo em alturas de crise continua a apresentar retornos atrativos e comporta menos riscos que outras categorias de investimento", realça David Moura-George, diretor da Athena Advisers em Portugal.

"Denotamos, por isso, uma tendência crescente para a diversificação dos investimentos por parte dos privados, que começam a olhar para ativos fora do residencial com’ tickets’ que podem chegar aos 10 milhões de euros", adianta o mesmo responsável.

 

Para Fernando Ferreira, Head of Capital Markets da JLL, "os ativos de comércio de rua bem localizados e arrendados a retalhistas sólidos vão continuar no radar dos investidores, mesmo na atual conjuntura em que as vendas e o ‘footfall’ estão comprimidos devido à pandemia", ressalva.

 

Relativamente à loja agora transacionada, segundo Fernando Ferreira, "trata-se de um imóvel de excelência numa localização ‘prime’ com um ocupante de referência na área do F&B, e um ‘ticket’ de investimento muito adequado a um perfil como o dos investidores privados, que normalmente aloca de 1 a 10 milhões".

 

Do lado do seu cliente, Fernando Ferreira conclui que "o balanço é muito positivo, pois tem uma estratégia de rotatividade da carteira desde início, estando já ativo na procura de novas possibilidades de investimento. Esta é, aliás, uma abordagem de mercado muito comum por parte dos investidores privados, o que confere bastante liquidez aos ativos em que investem", remata.

Ver comentários
Saber mais castro atelier de pastéis de nata plateform jll athena advisers
Outras Notícias