Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preços das casas em Portugal sobem 2,5% em maio

O preço das transações no imobiliário residencial no continente cresceram 2,5% em maio, assinalando a variação mais robusta dos últimos dois anos. Ainda assim, e face ao impacto da pandemia no setor, a variação homóloga ficou-se pelos 4,6%.

João Miguel Rodrigues
João Ruas Marques 18 de Junho de 2021 às 12:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

O preço das casas subiu 2,5% em Portugal Continental no mês de maio, para os 1.761 euros por metro quadrado, o que representa o maior crescimento em cadeia no mercado dos últimos dois anos, segundo dados da Confidencial Imobiliário.

A variação observada face ao mês de abril torna evidente um aceleramento no aumento dos preços das casas que, desde o início da pandemia, não tinham variado mais de 1% em qualquer sentido.

Os preços a que têm sido negociadas as casas no continente são 4,6% superiores ao período homólogo. A valorização homóloga temvindo a perder força desde que se fixou nos 15,6% em março de 2020, e atingiu o mínimo de 2,6% em fevereiro deste ano. Mas em maio regista a segunda subida face ao crescimento do mês precedente, num sinal de alguma recuperação.

Os dados são avançados pela Confidencial Imobiliário e foram obtidos através do seu Índice de Preços Residenciais, que acompanha a evolução dos preços de transação reportados no SIR-Sistema de Informação Residencial, a base de dados de referência nacional para as transações efetuadas no mercado imobiliário.

Ricardo Guimarães, o diretor da Confidencial Imobiliário ressalta que "esta subida mensal é, de facto, bastante expressiva, mas é preciso percebermos se será uma situação isolada" já que "nos últimos três meses houve um aumento de cerca de 25% nas transações, o que acaba por refletir-se num comportamento positivo dos preços".

"Teremos agora que aguardar para ver se este comportamento quer dos preços quer das vendas procede, ou se, porventura, poderá ter sido uma reação mais imediata ao desconfinamento", explica.

Ver comentários
Saber mais imobiliário Portugal compra imóveis habitacionais
Outras Notícias