Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Duas rodas portuguesas tiveram o melhor mês de sempre nas exportações

Após o máximo de exportações em 2021, para um recorde de 594 milhões de euros, a indústria nacional das duas rodas e mobilidade suave registou em maio passado o melhor mês da sua história em vendas ao exterior, ficando próximo dos 80 milhões.

Bolas, muita água e bicicletas no dia em que Bolt fez história
Rui Neves ruineves@negocios.pt 13 de Julho de 2022 às 09:53
  • Partilhar artigo
  • ...

Renovado em 2020 o título de maior produtor de bicicletas da União Europeia, que tinha ganho a Itália no ano anterior, Portugal deverá manter-se à frente deste ranking industrial após ter fechado 2021 com o recorde de exportações de 594 milhões de euros, mais 39% do que no primeiro ano de crise pandémica e contra 402 milhões em 2019.

 

Ora, o chamado setor das duas rodas e mobilidade suave continua a acelerar em 2022, tendo fixado maio passado como o seu melhor mês de sempre, com as vendas ao exterior a chegarem aos 79,8 milhões de euros.

 

"As exportações do setor valeram quase 80 milhões de euros no mês de maio", enfatizou o secretário-geral da Associação Nacional das Indústrias de Duas Rodas, Ferragens, Mobiliário e Afins (Abimota).

 

"As subidas dos preços dos combustíveis, motivaram a busca de alternativas ao automóvel e a bicicleta cada vez mais se afirma como um meio de transporte e de lazer eficiente, económico e saudável", explicou Gil Nadais, numa conferência de imprensa que precedeu a EuroBike, um dos maiores e mais importantes eventos do setor das duas rodas e mobilidade suave a nível global, que abre portas esta quarta-feira, em Frankfurt, Alemanha.

 

"É nos tempos de crise, como o que atravessamos, que acontecem as grandes revoluções e atualmente estamos a assistir a uma nova forma de encararmos a mobilidade. O ano arrancou a crescer", realçou o mesmo dirigente associativo.

 

Portugal tem a maior fábrica de montagem de bicicletas da Europa (a RTE, em Gaia), a maior produtora europeia de rodas para bicicletas (a Rodi, de Aveiro), a primeira empresa do mundo a soldar quadros em alumínio através de robôs (a Triangle's, de Águeda), a empresa que faz os selins para bicicleta mais leves do mundo, com apenas 24 gramas (a Gelu, em Vila Franca de Xira), e a primeira fábrica de quadros de bicicleta em fibra de carbono fora do continente asiático (a Carbon Team, em Vouzela).

Ver comentários
Saber mais bicicletas exportações duas rodas gil nadais abimota eurobike
Outras Notícias