Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Canadianos investem 56 milhões num novo hotel na portuense Lapa

O grupo Mercan, que está a desenvolver uma dúzia de projetos hoteleiros em Portugal, arrancou com a construção do Renaissance Park Hotel, marca do universo Marriott, situado próximo da igreja da Lapa, que vai ter 163 quartos e criar 140 postos de trabalho.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 20 de Maio de 2021 às 11:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Situado próximo da igreja da Lapa, no centro do Porto, ocupando uma área de cerca de 14 mil metros quadrados, o futuro Renaissance Park Hotel terá 163 quartos, piscina panorâmica exterior no último andar com bar e esplanada, restaurante com capacidade para 250 pessoas e um centro de congressos com capacidade até 600 utilizadores.

 

A erguer num dos bairros mais históricos do Porto, a marca do grupo hoteleiro Marriott International promete que o seu novo hotel na Invicta terá "uma vista deslumbrante sobre a cidade".

 

A primeira pedra do projeto foi lançada esta quarta-feira, 19 de maio, com a obra a cargo da construtora Cobelba, e deverá ficar concluído dentro de 18 meses.

 

A promoção do investimento, estimado em 56 milhões de euros, é do grupo canadiano Mercan, em parceria com a RA Group (Referência arrojada Group).

 

Projeto com a assinatura da Visioarq Arquitectos e os interiores do estúdio Broadway Maylan, o Renaissance Park Hotel "vai criar 140 postos de trabalho diretos e, já durante a fase de construção, deverá contar com 110 trabalhadores em permanência", garantem os promotores, em comunicado.

 

"Acreditamos no potencial do turismo em Portugal e estamos convictos de que o país tem todas as condições que justificam a aposta neste setor tão afetado pela pandemia. Razões que nos levam não só a manter, como a reforçar o nosso posicionamento em Portugal, mesmo face à atual conjuntura económica e quase em contraciclo", explica Jordi Vilanova, vice-presidente do grupo Mercan.

"Este projeto é um exemplo da boa aplicação do investimento estrangeiro via vistos ‘gold’, contando com 160 investidores internacionais", enfatiza Vilanova, sublinhando que, "além de contribuir para a criação de emprego e impulsionar o turismo na região, este projeto vai ainda ceder 17.700 metros quadrados à cidade, dos quais 14.600 estão destinados à edificação do Parque Urbano da Lapa, que poderá ser usufruído pelos moradores e visitantes do Porto".

 

De resto, o grupo Mercan, juntamente com o seu parceiro RA Group, garante estar a desenvolver uma dúzia de projetos hoteleiros em Portugal, no Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Amarante e Évora.

 

Ainda no final do ano passado, em Matosinhos, deu início à construção do novo Four Points by Sheraton, um investimento de 20 milhões de euros que deverá estar concluído no final deste ano. Trata-se de um aparthotel com 108 apartamentos turísticos, o primeiro projeto com o selo da cadeia Marriott International em Matosinhos.

 

O grupo Mercan, que está sediado no Canadá e conta "com mais de 30 anos de experiência nas áreas da consultadoria de investimento, da educação e da imigração para investimento", estando presente também na China, Índia, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos, afirma que "escolheu Portugal para o desenvolvimento das suas atividades na Europa devido à segurança, estabilidade e hospitalidade que o país oferece, bem como às oportunidades de desenvolvimento na área da reabilitação urbana".

 

 

Ver comentários
Saber mais renaissance park hotel mercan marriott lapa ra group
Outras Notícias