Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

GameStop cai com enxurrada de notícias após o fecho da sessão

A retalhista norte-americana dos videojogos chegou a afundar mais de 12% depois de ser dado a conhecer que está sob investigação do regulador dos mercados e que irá colocar em bolsa até cinco milhões de ações.

Afinal quem foram os maus e os bons na história da GameStop?
Dado Ruvic/Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 10 de Junho de 2021 às 00:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

As ações da GameStop seguem a recuar 6,17% para 283,90 dólares no "after hours" da bolsa nova-iorquina e já estiveram a cair mais de 12%, depois de várias notícias em catadupa após o fecho da sessão do horário regular em Wall Street, algumas delas menos bem recebidas pelos investidores.

 

A retalhista norte-americana dos videojogos tinha encerrado a jornada desta quarta-feira a somar 0,85% para 302,56 dólares, mas rapidamente inverteu a tendência.

 

Logo após o fecho da bolsa, a GameStop anunciou que Matt Furlong e Mike Recupero, que já trabalharam na Amazon, serão os novos presidente executivo e diretor financeiro da empresa, respetivamente.

 

No passado dia 18 de abril, quando a empresa comunicou que o seu CEO, George Sherman, sairia no dia 31 de julho – ou mais cedo, se fosse encontrado um sucessor antes disso –, as ações dispararam. E não foi esta notícia de hoje, com os nomes dos novos CEO e CFO, que abalou a sua negociação no "after hours".

 

A GameStop reportou também, assim que a bolsa encerrou, as contas do primeiro trimestre, com um aumento de 25% das receitas, para 1,28 mil milhões de dólares – que superaram assim as estimativas do consenso de mercado, que apontavam para 1,17 mil milhões.

 

Já o resultado líquido foi negativo, com a empresa a revelar uma perda ajustada de 45 cêntimos de dólar por ação.

 

A empresa não apresentou qualquer "guidance" para o resto do ano, o que desagradou aos intervenientes do mercado. E, além disso, anunciou que pretende vender títulos: quer colocar no mercado até cinco milhões de ações.

 

Para culminar, foi também comunicado que a Securities and Exchange Commission [SEC – autoridade reguladora do mercado de capitais nos EUA, correspondente à CMVM em Portugal] está a investigar a atividade de trading da empresa.

 

A GameStop recebeu um pedido da SEC para a apresentação voluntária de documentos e informação relativamente a uma investigação que incide sobre a sua atividade de negociação dos seus próprios títulos e de outras empresas.

 

Foi, assim, um rol de novidades que a GameStop desvendou esta noite, e nem todas foram recebidas com agrado, como se observa pela sua evolução fora de horas na Bolsa de Nova Iorque.

 

Nova liderança dois anos depois

 

Recorde-se que quando George Sherman assumiu a liderança da GameStop, em abril de 2019, ficou encarregado de dar a volta à empresa, numa altura em que as vendas de consolas de jogos estavam em queda e em que as pessoas estavam cada vez mais a descarregar novos jogos em vez de os comprarem nas lojas. Pouco depois de ter integrado a empresa, anunciou um plano de reorganização que passava por encerrar até 200 lojas.

 

Mas Sherman não chegou a ter verdadeiramente a oportunidade de executar o seu plano de reorganização. O aparecimento da pandemia de covid-19 em março de 2020 derrubou o panorama económico para toda a indústria do retalho.

 

A empresa fez manchetes no final de janeiro deste ano, quando uma ação concertada de investidores amadores para comprar ações de cotadas onde os grandes hedge funds detinham maiores posições curtas (apostavam na sua queda) levou a fortes perdas destes fundos – e à escalada dessas cotadas.

 

Uma das cotadas onde o "exército de pequenos investidores" apostou foi a GameStop – que escalou perto de 400% na última semana de janeiro e terminou o mês com uma valorização superior a 1.600%.

 

Depois disso, continuou a ser alvo de grande interesse e no final da sessão desta quarta-feira acumulava um ganho anual de 1.653,9%. Fechou a primeira sessão do ano (4 de janeiro) a valer 17,25 dólares e chegou a um pico intradiário de 483 dólares a 28 de janeiro.

Ver comentários
Saber mais GameStop George Sherman SEC Wall Street bolsa
Outras Notícias