Mercados JPMorgan diz que ainda é muito cedo para comprar ações

JPMorgan diz que ainda é muito cedo para comprar ações

O departamento de gestão de ativos do banco de investimento norte-americano diz que ainda não é altura certa para voltar a investir em ações, uma vez que o mercado continua vulnerável aos desenvolvimentos do coronavírus.
JPMorgan diz que ainda é muito cedo para comprar ações
Gonçalo Almeida 01 de abril de 2020 às 11:29
O JPMorgan Asset Management está a alertar os investidores de que ainda é muito cedo para voltar a comprar ações, uma vez que o mercado ainda continua muito permeável a más notícias relativas à propagação da covid-19 pelo mundo. 

Numa altura em que o número de pessoas infetadas em todo o mundo sobe para 868.997, os gestores de carteiras do banco de investimento norte-americano não se mostram confiantes de que é o momento certo para regressar ao risco.

"Não me sinto confiante para aconselhar tomadas de posições em ativos de maior risco porque, nesse caso, os investidores estariam muito vulneráveis a uma deterioração das notícias sobre a propagação do vírus", disse Hugh Gimber, estratega de mercado do JPMorgan Asset Management, numa entrevista à Bloomberg. 

Gimber acrescentou que as medidas tomadas por parte dos governos e bancos centrais em todo o mundo têm sido importantes para que o sentimento nos mercados tenha aligeirado nas últimas sessões, mas alerta que não são suficientes para garantir uma recuperação, uma vez que não sabemos qual é o máximo que os mercados de ações podem ainda cair. 

O gestor do banco que tem uma carteira de ativos avaliada em 1,9 biliões de dólares refere ainda que os danos causados às empresas em todo o mundo continuam a ser desconhecidos e só quando esta crise de saúde terminar serão conhecidos. 

No mercado de dívida, Gimber dá prioridade à dívida pública de curto prazo, uma vez que considera que os ganhos nos juros com maior maturidade serão mais limitados. 

Apesar das más perspetivas a curto prazo, as expectativas de uma forte recuperação após a propagação do coronavírus terminar são grandes. O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, considera que o atual "sell-off" nos mercados deve ser visto como uma oportunidade para os investidores comprarem ações com um grande desconto. 
"Este é um problema de curto prazo. Pode demorar alguns meses a passar, mas vamos superar isso e a economia ficará mais forte do que nunca", adiantou Mnuchin, para de seguida acrescentar que tem como exemplo "as pessoas que compraram ações após o crash de 1987 e as pessoas que compraram ações após a crise financeira".



pub

Marketing Automation certified by E-GOI